Últimas notícias:

Loading...

Homem dá voadora em mulher durante discussão no interior de SP

Agressão ocorreu por após homem estacionar carro em cima da calçada; caso aconteceu em Franca

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Uma mulher foi covardemente com um chute no peito após discutir com um vizinho. A brutalidade ocorreu na cidade de França, interior de São Paulo.

A agressão foi registrada por câmeras de segurança. Na imagem, é possível ver o momento em que os vizinhos se desentendem. Na sequência, o rapaz dá uma voadora na mulher.  Depois, corre e entra na casa da mãe. As informações são do G1.

interior de São Paulo
Crédito: Reprodução/TwitterHomem dá voadora em mulher durante discussão no interior de SP

Segundo a Polícia Civil, o caso ocorreu no último domingo, 29, na avenida Lisete Coelho Lourenço, por volta das 8h30, quando o homem estacionou o carro em cima da calçada. A mulher, que estava no lado oposto, ficou nervosa e os dois começaram a discussão.

A mulher foi socorrida com ferimentos leves e passa bem. Ela registrou o boletim de ocorrência.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Violência contra a mulher: conheça os tipos e como denunciar

Como se não bastasse um, existem diversos tipos de violência contra a mulher e hoje vamos falar sobre eles.

A redação do ENEM (Exame Nacional de Ensino Médio) de alguns anos atrás foi sobre a violência contra a mulher, um tema que causou uma enorme repercussão no país inteiro, um assunto que hoje ainda é considerado tabu, mas que deve ser discutido em escolas, em casa e em rodas de amigos, pois é a realidade de muitas mulheres em nosso país e no mundo.

A violência contra a mulher tem que ser levada a sério. Só no ano de 2015 já foram registrados mais de 32 mil casos e esse número é muito maior, pois ainda há muitas mulheres que sofrem agressão mas não têm coragem de pedir ajuda.

Crédito: Getty Images/iStockphotoA violência contra a mulher tem que ser levada a sério

Só para você ter ideia dos números absurdos: Saiba mais aqui;

A cada 4 minutos uma mulher é agredida no Brasil. Provavelmente, até você terminar de ler este post, mais uma terá sido…

Posted by Catraca Livre on Tuesday, November 19, 2019