Jair Bolsonaro comete gafe e mostra conteúdo adulto no celular

O candidato à presidência da República exibia suas conversas no WhatsApp e acabou revelando demais

Jair Bolsonaro exibiu grupos do WhatsApp dos quais participa
Créditos: Reprodução/TV Cultura
Jair Bolsonaro exibiu grupos do WhatsApp dos quais participa

Segundo colocado nas pesquisas de intenções de voto para a presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL-RJ) acabou cometendo uma gafe e exibindo, sem querer, conteúdo adulto em seu celular pessoal.

O momento aconteceu nesta quarta-feira, 5, quando o deputado gravou um vídeo para mostrar a quantidade de mensagens não respondidas em sua conta no aplicativo WhatsApp.

Bolsonaro exibe conversas do WhatsApp
Créditos: Reprodução/WhatsApp
Bolsonaro exibe conversas do WhatsApp

Em câmera rápida, o parlamentar mostra dezenas de conversas que precisam ser visualizadas, entre as quais alguns grupos que participa, como alguns de conteúdo adulto entre os quais o “Caiu na Net” e “T98 Chope”.

Confira:

https://www.youtube.com/watch?v=5V-iXSolEXg

“Você tem cara de quem pintava a unha”

O candidato à presidência da República Jair Bolsonaro voltou a causar polêmica por suas falas controvérsias ao se referir a assuntos ligados à comunidade LGBT e questões de gênero. Dessa vez, o postulante ao Planalto pelo PSL polemizou ao afirmar que um repórter gay “tem cara” de quem “pintava as unhas”.

De acordo com informações do portal UOL, o episódio aconteceu na última terça-feira, 4. Na ocasião, o jornalista questionou ao deputado sobre um vídeo compartilhado pelo mesmo no Twitter, que mostra uma criança de 4 anos vestida com uniforme escolar da rede municipal de São Paulo contando que sua professora “ensinou que menino usa saia, vestido, brinco e pinta a unha”. A interação da docente com os alunos teria acontecido dentro de sala de aula.

“Qual o posicionamento do senhor? Por que o senhor retuitou isso?”, questionou o repórter a Jair Bolsonaro, que rebateu com a seguinte declaração: “Pergunta pro teu… Você pintou unha quando era criança?”. Diante da negativa do profissional de comunicação, o candidato afirmou: “Você tem cara de ter pintado a unha”.

O jornalista voltou a afirmar que não pintava as unhas e Bolsonaro continuou afirmando que ele “tem cara…”. “Não, você não pode falar assim comigo”, rebateu o profissional. Por fim, o parlamentar se esquivou de responder a pergunta.