Informar

Jô Soares trata Thammy Miranda pelo gênero masculino e é elogiado nas redes

Por: Redação | Comunicar erro

Identidade de gênero se refere ao gênero que uma pessoa se identifica e quer ser tratada. O caso de Caitlyn Jenner ilustra essa questão ao mostrar que a ex-atleta, que assumiu recentemente sua transexualidade, passou a corrigir a quem se refere a ela como “ele”.

O mesmo acontece com o ator e empresário Thammy Miranda, que está passando por um processo de transexualização e, ainda assim, parte da imprensa insiste em chamá-lo de “atriz” e “filha” da cantora Gretchen.

Indo na direção contrária, o apresentador Jô Soares deu um exemplo e chegou a receber muitos elogios nas redes sociais ao entrevistar Thammy em seu programa na última sexta-feira (24) e tratá-lo pelo gênero masculino.

Divulgação
Entrevista virou um dos assuntos mais comentados no Twitter

“Não tem mais jeito [de tratar no feminino]. Você é um homenzinho. Já nasceu um homem”, afirmou o apresentador.

Thammy explicou a ele que tem paciência com quem ainda não compreende o que é transexualidade e acredita que sua família e a mídia irão se acostumar pouco a pouco.

“Por ser uma pessoa pública eu tenho respeito pelas pessoas, porque sei que elas tem um tempo para se acostumar. Não adianta chegar agora e falar que eu só quero ser tratado pelo gênero masculino”, falou o ator. “Eu era uma mulher bonita emburrada. (…) Era um homem olhando para a imagem de uma mulher. É uma coisa muita estranha. E sei que é difícil vocês entenderem”.

Não demorou para que a entrevista ganhasse grande repercussão nas redes sociais. Muitos internautas elogiaram a atitude do apresentador e a hashtag #ProgramaDoJo foi parar nos ‘Trending Topics’ do Twitter. “O cuidado de Jô ao tratar Thammy pelo gênero masculino é a coisa mais fofa que já vi na televisão ultimamente”, escreveu um usuário.

Thammy fez recentemente uma cirurgia para retirada de seios e vem fazendo tratamento com base em hormônios masculinos. “Primeiro me descobri homossexual e que queria me relacionar com mulher. Só que eu não me dava bem com meu corpo quando olhava no espelho, meu peito, meu cabelo e minhas formas femininas me incomodavam. Parecia que eu olhava um travesti no espelho”, explicou.

Veja a entrevista completa aqui.

Compartilhe: