Jovem lança campanha para revitalizar parque no interior de SP

Veja como ajudar na recuperação do parque localizado em Mococa, interior de SP

Para recuperar a Mata das Mangueiras, localizada em Mococa, interior de São Paulo, o estudante Guilherme Ferracioli, de 21 anos, lançou uma campanha de financiamento coletivo com o objetivo de transformar a floresta nativa em um ambiente de ecoturismo e educação ambiental para crianças e adultos.

Por meio do crowdfunding, o jovem pretende continuar o processo de revitalização do parque ecológico, que já vem sendo realizado por ele e alguns vizinhos. Quer ajudar? Clique aqui.

“Com o dinheiro arrecadado, os voluntários vão cercar a região com alambrados, criar trilhas para turistas, pesquisadores e o público em geral, instalar uma placa anunciando a proteção da área, além de conservar e limpar a nascente de água e seu córrego”, afirma Guilherme em entrevista ao Catraca Livre.

Voluntários têm ajudado na revitalização do parque

O estudante também é um dos idealizadores do projeto “Jardins Subversivos”, criado em 2015 para transformar áreas públicas abandonadas na cidade paulista em jardins e pomares urbanos. Saiba mais aqui.

História do parque

Em setembro de 2014, a região considerada um parque ecológico acabou virando um grande depósito de lixo e entulho. O local já foi residência de uma família durante mais de 30 anos, mas em 2011 seus membros foram retirados de lá, sob a alegação de que a área ocupada era uma mata nativa e seria transformada em uma reserva, o que de fato não aconteceu.

A região acabou se tornando um depósito de lixo e entulho

Desde então, Guilherme e outros vizinhos se mobilizaram para recuperar o parque. Com o trabalho dos moradores, uma grande quantidade de lixo foi retirada da mata, a nascente foi revitalizada e o reflorestamento tornou o local mais vivo, verde e atraente para toda a biodiversidade.

Atualmente, a floresta conta com as seguintes espécies: Pau-brasil, Ipê-branco, Guapuruvu, Araucária, Jaracatiá, Mutambo, entre outras.

Compartilhe: