CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Jussie Smollett é preso suspeito de denúncia falsa de racismo

OPINIÃO: após o caso, internautas passaram a analisar de forma generalista acusações de racismo e homofobia, chegando até mesmo a invalidá-las

Por: Maurício Thomaz
jussie smollett racismo
Crédito: Reprodução/Instagram/@jussiesmollettJussie Smollett é preso após planejar próprio ataque e acusar agressores de racismo e homofobia

Em janeiro deste ano, o ator Jussie Smollett, de “Empire”, afirmou ter sido vítima de um ataque motivado por racismo e homofobia. Porém, após investigação, a polícia de Chicago (EUA) constatou que o ator teria mentido, e o classificou como suspeito por planejar o próprio ataque e fazer uma denúncia falsa sobre o incidente. Nesta quinta-feira, 21, Jussie Smollett foi preso.

À época da acusação, o ator afirmou que saía de um restaurante em Chicago quando foi atacado por dois homens brancos, que gritaram xingamentos racistas e homofóbicos. Smollett chegou a dizer que foi levado ao hospital com uma costela fraturada, após os agressores jogarem alvejante e amarrarem uma corda em seu pescoço.

Diversas emissoras americanas, como a CNN, desde o incidente apontavam que a investigação sobre o caso gerava diversas dúvidas sobre a acusação do ator. Fontes ligadas à polícia afirmavam que dois suspeitos interrogados disseram que receberam dinheiro de Smollett para encenar o crime.

OPINIÃO

Caso seja verdade a história, Smollett merece estar preso e pagar pelo crime que cometeu. Manipular uma acusação de racismo, homofobia ou qualquer que seja o crime de ódio é danoso não só aos acusados, mas também, e principalmente, à causa.

Prova disso é o surgimento de milhares de comentários de internautas que, felizes com a notícia, passaram a emitir comentários para lá de generalistas, a fim de invalidarem as acusações de racismo, homofobia e outros crimes de ódio que perseguem as chamadas “minorias sociais”.

“É ensurdecedor o silêncio da grande imprensa americana sobre o falso ataque orquestrado pelo ator Jussie Smollett, que é negro e gay. No Brasil quase ninguém fala no assunto, enquanto o STF rasga de forma criminosa a Constituição para enquadrar homofobia como racismo.”

O internauta se baseou em UM CASO para defender que a homofobia não seja enquadrada como crime de racismo pelo STF. Precisamos relembrar que o Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo, ou esse dado não ajuda na justificativa de seu argumento e, portanto, é melhor ignorá-lo?

“Ele disse que foi agredido por dois homens, que segundo o ator o xingaram de “faggot” e “nigger”, dois adjetivos considerados extremamentes homofóbicos e racistas, enquanto o chutavam…. MENTIU, FORJOU TUDO. Esse povo tem necessidade de se vitimizar”.

Exato. ELE é suspeito de mentir. ELE é suspeito de forjar. Portanto, ELE merece uma punição, caso confirmada a história. “Esse povo” sofre diariamente por conta do racismo e da homofobia. Não desvalorize a luta dos outros por conta de um erro isolado. É como se eu afirmasse que todo homem heterossexual é um estuprador. Seria um absurdo de minha parte.


Vou deixar abaixo dois links de leituras complementares para quem quiser se informar mais sobre racismo e homofobia e não destilar um ódio sem fundamento pelas redes sociais:

“O dia e a hora em que o racismo vai acabar no Brasil”

“Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo: 1 a cada 19 horas”

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Por: Maurício Thomaz

Editor Executivo de Redação. Libriano com traços piscianos. Amante da praia e do concreto. Rolês no centro de São Paulo são os meus preferidos. Mas que tal falar de política e de futilidade num boteco com cerveja barata?!