Justiça manda Arthur do Val excluir vídeos contra padre Júlio Lancellotti

Em um dos vídeos, o candidato à Prefeitura de São Paulo acusou, sem provas, o padre de fomentar o tráfico na Cracolândia

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A Justiça Eleitoral determinou nesta quinta-feira, 1, que Arthur do Val, candidato à prefeito de São Paulo pelo Patriotas, exclua os vídeos com ataques ao padre Júlio Lancellotti.

Para o juiz Emílio Migliano Neto, da 2ª Zona Eleitoral de São Paulo, os posts de Arthur do Val,  — também conhecido como ‘Mamãe Falei’– são “propaganda eleitoral vedada” e serviram para dar mais visibilidade ao candidato e podem ser entendidos como “propaganda eleitoral antecipada”.

arthur do val
Crédito: Divulgação/AlespArthur do Val, candidato à Prefeitura de São Paulo, acusou, sem provas, que o padre Júlio Lancellotti. fomenta o tráfico na Cracolândia

“É evidente que as condutas descritas, ainda que dirigidas à pessoa alheia ao pleito eleitoral, significam risco à lisura e igualdade da disputa, na medida em que restou demonstrado que após as críticas feitas ao Padre Lancelotti, o representado Do Val obteve maior visibilidade perante seu eleitorado, adquirindo notoriedade na mídia por criticar abertamente figura pública com apelo para determinado nicho político contrário ao seu”, enfatizou o juiz.

A decisão atendeu a pedido do Ministério Público Eleitoral que apontaram que Arthur do Val cometeu crimes contra a honra do padre Júlio Lancelotti, reconhecido por seu trabalho com a Pastoral do Povo de Rua, especialmente na Cracolândia.

Ao todo, Arthur do Val terá que retirar oito vídeos publicados entre 15 e 18 de setembro em suas redes sociais. Google e Facebook serão intimados a excluírem as imagens sobre pena de multa.

“O padre Júlio Lancelotti, que não estava na Cracolândia no final de semana, quando traficantes atacaram guardas da GCM, foi logo acusando a Polícia de São Paulo de ‘estar a serviço da morte’. Até quando esse cafetão da miséria vai achar que é dono da verdade enquanto milhares de brasileiros sofrem com a cracolândia? Anotem: vou desmascará-lo”, diz o candidato em um dos vídeos contra o padre.

Compartilhe: