CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Leonardo DiCaprio responde acusações de Bolsonaro sobre Amazônia

"Apesar de merecerem apoio, nós não financiamos as organizações", disse o ator e ativista ambiental

Por: Redação
Montagem de Bolsonaro e DiCaprio
Crédito: Reprodução/ InstagramBolsonaro culpou Leonardo DiCaprio por incêndios na Amazônia

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 29, sem apresentar qualquer evidência, que o ator Leonardo DiCaprio financiou as queimadas ocorridas na Amazônia. A declaração gerou polêmica tanto no Brasil, como também repercutiu internacionalmente.

Diante disso, o ator e ativista ambiental respondeu as acusações do presidente brasileiro e negou ter financiado ONGs investigadas por suposto envolvimento nos incêndios, mas elogiou o trabalho das organizações e reiterou que elas merecem apoio.

“Apesar de merecerem apoio, nós não financiamos as organizações”, afirmou DiCaprio, de acordo com comunicado divulgado pelas agências de notícias AP e Reuters. O artista ainda elogiou os brasileiros que trabalham para “salvar sua herança cultural e natural”.

A ONG Earth Alliance, da qual DiCaprio é fundador, prometeu doar US$ 5 milhões para a proteção da Amazônia após as queimadas deste ano.

Acusações de Bolsonaro

Em live nesta quinta-feira, 28, no Facebook, Jair Bolsonaro endossou os ataques do filho Eduardo contra Leonardo DiCaprio, a quem colocou a culpa pelos incêndios na Amazônia.

Bolsonaro ironizou as doações que o ator teria realizado para a ONG WWF-Brasil e que, segundo o presidente, seria a responsável por incêndios criminosos na Amazônia.

“Uma ONG ali pagou R$ 70 mil por uma foto fabricada de queimada. O que é mais fácil? ‘Toca’ fogo no mato. Tira foto, filma, manda para a ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e o Leonardo DiCaprio doa US$ 500 mil para essa ONG. Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia”, disse Bolsonaro.

Para endossar as acusações, sem provas, Bolsonaro citou a prisão preventiva dos quatro brigadistas da organização Brigadas de Alter do Chão do Pará, acusados de serem os responsáveis por queimadas no mês de setembro. Eles foram soltos nesta quinta-feira.

Bolsonaro ainda pediu que seus seguidores não façam doações as ONG’s. “Não doe dinheiro para ONG, acabe com essa história. Não estão lá para preservar o meio ambiente, estão lá em causa própria. Estava circulando uma foto dos quatro ongueiros parece que é verdadeiro, não tenho certeza. Os caras vivendo em luxúria de fazer inveja para qualquer trilionário e ganhando a vida como? Tacando fogo na Amazônia! Grande jogada. Taca fogo na Amazônia, divulga as imagens e ganha um dinheirinho do Leonardo DiCaprio. Ô DiCaprio pisou na bola, hein? Pelo amor de Deus”, reiterou o presidente.

O ataque ao ator e ativista Leonardo DiCaprio ocorre no mesmo dia em que o deputado Eduardo Bolsonaro acusou, pelas redes sociais, ator de ter doado “US$ 300.000 para a ONG que tocou fogo na Amazônia”.

1
Guia Negro entrevista Luedji Luna: “A África mais próxima do brasileiro é a Bahia”
A cantora e compositora Luedji Luna conta que quando mudou da Bahia para São Paulo se tornou mais baiana e …
2
O pagamento dos R$ 600 e o cadastro dos trabalhadores fora do CadÚnico
O governo anunciou na terça-feira, 7, os detalhes sobre o pagamento da renda básica emergencial de R$ 600 para os …
3
Como vai funcionar a renda básica emergencial de R$ 600?
Os trabalhadores de baixa renda sem carteira assinada vão poder contar com uma renda básica emergencial do governo para lidar …
4
Bolsonaro prefere ser ‘do contra’ e luta sozinho contra o isolamento social
O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), insiste em desafiar as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização …
5
E se Bolsonaro foi contaminado com coronavírus?
O que não passava de pura especulação e teoria da conspiração tem ganhado ares de verdade com novos capítulos envolvendo …
6
Coronavírus: Câmara aprova auxílio de R$600 para pessoas de baixa renda
A Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira, 26, uma medida que prevê o pagamento de R$600 para trabalhadores de baixa …
7
Bolsonaro e o coronavírus: um presidente na contramão do mundo
O pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite de terça-feira, 24, pegou de surpresa integrantes do governo e …
8
Entenda a MP da Morte: da polêmica e revogação por Bolsonaro até o erro de redação de Guedes
Em apenas uma canetada o presidente Jair Bolsonaro autorizou empresas a suspenderem contratos com seus empregados por 4 meses, sem …