Últimas notícias:

Loading...

Live de pagode termina com invasão policial e tiroteio no RJ

 Transmissão ao vivo do grupo de pagode Aglomerou foi interrompida por barulho de tiros e policiais civis entrando na casa de festas

Por: Redação

Um tiroteio interrompeu uma live do grupo de pagode Aglomerou na tarde de domingo, 26, em uma casa de festas em Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro.

Enquanto a banda tocava “Compasso do Amor”, do grupo “Revelação”, os policiais entraram a mansão no Bairro Ribeira. No vídeo, o vocalista João Victor aparece interrompendo a música ao perceber a movimentação dos agentes. Em seguida, é possível ouvir um barulho de helicóptero e muitos tiros.

pagode
Crédito: Reprodução/TV GloboTransmissão ao vivo do grupo de pagode Aglomerou foi interrompida por barulho de tiros e policiais civis entrando na casa de festas

Toda a banda se agacha e sai da frente das câmeras, enquanto um policial armado passa correndo por eles. Minutos depois, a transmissão é cancelada.

De acordo com a Polícia Civil, os agentes foram ao local para evitar “que alguém pudesse ser ferido durante a ação”, já que uma operação ocorria na casa ao lado onde estaria acontecendo uma festa com foragidos da Justiça.

A banda excluiu o vídeo de seu canal oficial no YouTube, mas o trecho disponibilizado por internautas no Twitter viralizou.

Quando a situação se acalmou, os músicos gravaram um vídeo em que comunicam o cancelamento da live. Nas redes sociais, fãs do grupo comentaram o fato inusitado.

“Galera, estamos bem. Tá tudo bem. Tá acontecendo uma operação policial em uma casa bem próxima aqui do espaço. Então, ocorreu esse fato, mas tá todo mundo bem. Não tem nenhum vínculo com o espaço. Não tem problema nenhum com quem tava aqui dentro da live. É isso aí. Tá tudo certo. A gente vai remarcar a live porque a gente tá meio sem clima pra fazer”, explicou João Victor.

View this post on Instagram

Tá tudo bem!

A post shared by Grupo Aglomerou (@aglomerouoficial) on

Compartilhe: