CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Mancha de óleo chega ao Sudeste e atinge praia do Espírito Santo

É a primeira vez que o vazamento que se estendeu pela região Nordeste chega a uma praia do Sudeste

Por: Redação

A mancha de óleo que atingiu o litoral do Nordeste chegaram ao Sudeste nesta sexta-feira, 8. De acordo com a Marinha, pequenos fragmentos foram encontrados na praia de Guriri, no município de São Mateus (ES).

Amostras da substância recolhidas foram enviadas para o IEAPM (Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira), que confirmou que o óleo é o mesmo encontrado no Nordeste.

É a primeira vez que o vazamento que se estendeu pela região Nordeste chega a uma praia do Sudeste. O óleo atingiu mais de 400 locais em todos os estados nordestinos.

Crédito: Divulgação/MarinhaFragmentos de óleo encontrados na praia de Guriri, no município de São Mateus, no litoral do Espírito Santo

De acordo com a Agência Brasil, um destacamento com 75 fuzileiros navais permanece em Conceição da Barra e em São Mateus, no norte do Espírito Santo, com ações de monitoramento, desde terça-feira (5).

Limpeza do óleo

Os Estados do Rio Grande do Norte, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Bahia estão com as praias limpas.

Algumas praias do Nordeste ainda estão com a operação de limpeza em andamento. São elas Japaratinga, Barra de São Miguel, Jequiá da Praia, Coruripe, Feliz Deserto e Piaçabuçu, em Alagoas, Praia do Viral e Coroa do Meio, em Sergipe, e mais recentemente Guriri, no Espírito Santo.

Segundo o Ibama, já foram retiradas cerca de 4.300 toneladas de resíduos de óleo das praias do Nordeste até esta sexta-feira. A contagem desse material, não inclui somente óleo, mas também é composta por areia, lonas, EPI e outros materiais utilizados para a coleta.

Parque Nacional de Abrolhos

Nesta sexta-feira, o Parque Nacional Marinho de Abrolhos, no sul da Bahia, foi reaberto aos turistas. A visitação estava suspensa desde o último domingo, 3, em decorrência da mancha de óleo que atingiu o arquipélago.

Segundo o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), que administra o parque, o fechamento tinha o objetivo de minimizar ao máximo riscos à saúde dos visitantes.

Crédito: Divulgação/TV BrasilEcoturismo e turismo de aventura são principais motivos da visitação ao Parque Nacional Marinho de Abrolhos

A reabertura do parque foi antecipada após cinco dias sem que novos fragmentos de óleo tenham sido encontrados na região. A informação é da Agência Brasil.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.