Mc Biel não carregará Tocha Olímpica, após caso de assédio sexual

Por: Redação
Reprodução/Warner Music Brasil
Biel é acusado de chamar repórter de ‘gostosa’ e dizer que a ‘quebraria no meio’.

Após ter sido acusado de assédio por uma repórter do IG, o Comitê da Rio-2016 decidiu cortar o funkeiro MC Biel da lista de condutores da tocha olímpica.

O cantor participaria da cerimônia, nesta terça-feira, na cidade de Fortaleza. O próprio Comitê resolveu desfazer o convite após o caso de assédio.

“Estamos torcendo para que tudo seja resolvido da melhor forma possível para todos. Mas preferimos que os valores olímpicos não sejam vinculados a esse acontecimento. Queremos passar uma imagem de paz. Por isso, MC Biel foi desconvidado”, informou a assessoria de imprensa do Comitê ao jornal O Globo.

A jornalista de 21 anos denunciou o funkeiro afirmando que ele a chamou de “gostosinha” e disse que “a quebraria no meio” se mantivesse relações sexuais com a profissional.

No último domingo, Biel escreveu um “textão” em seu Facebook sobre a acusação.