Menino abraça irmão pela primeira vez após ganhar prótese de braço

Os pais da criança realizaram uma campanha de financiamento coletivo para arrecadar 16 mil libras e pagar a prótese

Por: Redação

Um menino de 5 anos, conseguiu pela primeira vez dar um abraço no irmão, na semana passada, após ganhar uma prótese de braço financiada por uma campanha de crowdfunding (financiamento coletivo), realizada por seus pais, Gemma Turner e Chris Scrimshaw, de West Yorkshire, na Inglaterra, para arrecadar 16 mil libras (cerca de R$ 87 mil). As informações são da BBC.

menino abraça braço prótese irmão
Crédito: Foto: Ben RyanMenino abraça irmão pela primeira vez após ganhar próstese de braço

A criança, chamada Jacob, nasceu sem a maior parte do braço esquerdo e na Inglaterra, o sistema público de saúde (NHS, sigla em inglês) e a maioria do setor privado não consideram a prótese funcional uma opção quando o membro termina acima do cotovelo, que é o caso do menino.

Foi no País de Gales que os pais da criança conseguiram que Ben Ryan projetasse uma prótese de braço funcional para Jacob.

O menino foi um dos primeiros clientes de Ryan, que começou a projetar este tipo de prótese após seu filho precisar realizar uma amputação de emergência, aos dez dias de vida.

Ryan largou seu trabalho como professor de biologia e abriu uma empresa de próteses, a Ambionics, que em 2019 fundiu com a polonesa Glaze.

A prótese tem um cotovelo mecânico que pode ser ajustado usando uma trava deslizante. A mão pode ser fechada quando o menino apertar uma câmara de borracha cheia de água fixada na parte de cima do braço dele.

Segundo o criador, próteses como essa de Jacob, não são impressas em 3D, como seria o habitual, mas sim em pó de nylon a laser.

O braço é grande, verde e parece com o de um super-herói, como gosto da criança, que cria uma experiência afetuosa com a prótese. “Era o que Jacob queria, inclusive ter uma mão maior, é o tema perfeito”, diz Ryan.

Para mais informações, clique aqui.