Michelle Bolsonaro quer censurar música do Detonautas e revolta web

A primeira dama se diz vítima de injúria, calúnia e difamação e quer que a música seja retirada de todas as plataformas digitais

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A música da banda Detonautas, ‘Micheque’ que satiriza os depósitos de R$ 89 mil na conta bancária de Michelle Bolsonaro, feitos por Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, está incomodando a primeira dama do Brasil. Segundo o jornal O Globo, ela busca na Justiça a possibilidade de censurar a composição de Tico Santa Cruz.

michele bolsonaro detonautas
Crédito: Reprodução/InstagramMichelle Bolsonaro quer censurar música do Detonautas e revolta web

Na internet, a informação gerou revolta e uma mobilização para que seja amplamente escutada. Com a repercussão, Detonautas ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter neste sábado.

De acordo com o jornal, na última quinta-feira, 25, Michelle Bolsonaro prestou queixa contra a banda por causa da música, alegando ser vítima de injúria, calúnia e difamação, e pede que a composição seja retirada imediatamente de todas as plataformas digitais.

Michelle Bolsonaro ainda tenta que a música do Detonautas seja proibida de ser executada em qualquer lugar público ou privado.

A música tem a participação especial de Marcelo Adnet imitando a voz do presidente Jair Bolsonaro. Além dasátira à pergunta que viralizou em todo país: ”Bolsonaro, por que sua esposa, Michelle, recebeu R$ 89 mil de Fabrício Queiroz?”, ‘Micheque’ ainda faz referências ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a seus filhos: Flávio Bolsonaro (zero um, que foi apelidado de “Willy Wonka”, por suspeita de utilizar loja de chocolates para lavagem de dinheiro no caso das rachadinhas de Queiroz); Eduardo Bolsonaro (zero dois, que ficou com o apelido de “Bananinha”) e Carlos Bolsonaro (zero três, apelidado de “Tonho da Lua”, por supostamente ser parecido com o personagem da novela “Mulheres de Areia”).

“Hey Michelle, conta aqui para nós, a grana que entrou na sua conta é do Queiroz? Hey capitão, como isso aconteceu? Levante a mão pro alto e agradeça muito a Deus. Zero um é o Willy Wonka, zero dois é o Bananinha, zero três o Tonho da Lua que comanda a turminha. Passa o dia conspirando, arrumando confusão, mas é tudo gente boa, gente de bom coração”, diz um trecho da música.

Confira a repercussão na web: