Ministro da Educação diz que gays vêm de ‘famílias desajustadas’ e web reage

Milton Ribeiro afirmou ainda que pretende reformular o currículo do ensino básico e promover mudanças em relação à educação sexual

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Uma declaração homofóbica do ministro da Educação, Milton Ribeiro, causou revolta nas redes sociais nesta quinta-feira. 24, mobilizando famosos contra a fala do titular do MEC.

Em entrevista ao Estadão, o ministro atribuiu o homossexualismo à ‘famílias desajustadas’. “Acho que o adolescente que muitas vezes opta por andar no caminho do homossexualismo (sic) têm um contexto familiar muito próximo, basta fazer uma pesquisa. São famílias desajustadas, algumas”.

ministro da Educação
Crédito: Reprodução/TV GloboMinistro da Educação, Milton Ribeiro, associa “homossexualismo” a “famílias desajustadas”

Para o ministro, “falta atenção do pai, falta atenção da mãe. Vejo menino de 12, 13 anos optando por ser gay, nunca esteve com uma mulher de fato, com um homem de fato e caminhar por aí. São questões de valores e princípios”.

O ministro da Educação também afirmou que as escolas “perdem tempo” falando de “ideologia” e ensinando sobre sexo, sobre “como colocar uma camisinha”. Segundo ele, a abordagem pode favorecer uma “erotização das crianças”.

“Quando o menino tiver 17, 18 anos, vai ter condição de optar. E não é normal. A biologia diz que não é normal a questão de gênero. A opção que você tem como adulto de ser homossexual, eu respeito, mas não concordo”, afirmou.

Nas redes sociais, muitos famosos e políticos criticaram a fala do ministro da Educação.

“Homossexualidade não é castigo nem crime. É uma forma de amar e se relacionar como qualquer outra! É requisito nesse governo de “desajustados” ser um criminoso homofóbico!”, escreveu o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ)

Estou protocolando o impeachment do Ministro da Educação de

@jairbolsonaro

na PGR. Mal chegou e já comete crime, dizendo que homossexualidade acontece apenas em famílias desajustadas.

A ativista dos Direitos Humanos Erika Hilton afirmou que vai pedir o

impeachment do Ministro da Educação de Jair Bolsonaro.

“Estou protocolando o impeachment do Ministro da Educação de

@jairbolsonaro

na PGR. Mal chegou e já comete crime, dizendo que homossexualidade acontece apenas em famílias desajustadas.

Aparelhando o governo para influenciar milhões de famílias a odiarem seus filhos LGBTs. Chega!”

Já a jornalista Cynara Menezes “afirmou que nunca houve um ministro da educação nesse desgoverno”. “Só um bando de pulhas com a cabeça no século 19”.

Acesso à internet

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, também foi questionado sobre os problemas de acesso à internet enfrentados por muitos estudantes brasileiros durante a pandemia.

Segundo o ministro, resolver este problema não é uma atribuição da pasta e sim aos estados e municípios garantir o ensino remoto durante a pandemia.

Confira reações da fala do ministro da Educação?