Depois do nazismo, Monark faz declaração polêmica sobre pedofilia

No início deste ano, Monark defendeu que o Brasil deveria ter partido nazista

Bruno Aiub, youtuber e apresentador conhecido como Monark, voltou aos assuntos mais comentados do Twitter por causa de uma nova declaração polêmica – desta vez sobre pedofilia.

No podcast Monark Talks da última sexta-feira, 12, ele afirmou que não considera crime consumir pedofilia.

Após polêmica com nazismo, Monark volta aos trends por declaração sobre pedofilia
Créditos: Reprodução/Twitter
Após polêmica com nazismo, Monark volta aos trends por declaração sobre pedofilia

“Criminoso, eu não sei. Um cara que é pedófilo, por que eu gostaria de prender ele? Se ele estivesse ameaçando outras crianças. Entendeu? Se ele está assistindo uma parada é uma merda”, disse ele ao falar sobre o caso de PC Siqueira.

“É bem esquisito, eu não seria amigo dessa pessoa, mas eu não sei se ele deveria ser preso, entendeu? De verdade, assim… Porque o crime de verdade é você expor uma criança. Ou você abusar de uma criança, na minha opinião.”

“Não estou defendendo o PC Siqueira, é que ele foi muito cancelado, e se a gente é contra o cancelamento, deve ser contra de todas formas, até com as pessoas que não são sensatas.”

Internautas reagiram à declaração de Monark. Veja:

https://twitter.com/felipeneto/status/1558651482945224705

https://twitter.com/HeribaldoMaia/status/1558630652903391232

https://twitter.com/Marcosdmaya/status/1558868095527276544

Como denunciar casos de pedofilia

No Brasil, diariamente, crianças e adolescentes são expostos à violência sexual. No Brasil, até abril de 2019, o Disque 100 recebeu mais de 4 mil denúncias de abuso infantil em todo o Brasil. Há algumas formas de denunciar casos de violência sexual a menores de idade:

Disque 100 recebe denúncias de abuso infantil

Disque 100

Como nos casos de racismo, homofobia e outras violações de direitos humanos, qualquer cidadão pode fazer uma denúncia anônima sobre casos abuso infantil pelo Disque 100. A denúncia será analisada e encaminhada aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos, respeitando as competências de cada órgão.

Aplicativo Proteja Brasil

Depois de instalar o aplicativo gratuito em seu celular, o usuário rapidinho, respondendo um formulário simples, registra a denúncia, a qual será recebida pela mesma central de atendimento do Disque 100. Se quiser acompanhar a denúncia, basta ligar para o Disque 100 e fornecer dados da denúncia.

Ouvidoria Online

A maioria das vítimas são meninos de 10 a 13 anos
Créditos: Getty Images/iStockphoto
A maioria das vítimas são meninos de 10 a 13 anos

O usuário preenche o formulário disponível aqui e registra a denúncia, a qual também será recebida pela mesma central de atendimento do Disque 100. Se quiser acompanhar a denúncia, basta ligar para o Disque 100 e fornecer dados da denúncia.