Mulher é feita refém em estação do metrô de SP

A estação Adolfo Pinheiro ficou fechada por cerca de duas horas por conta da ocorrência

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Policiais do GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais) libertaram na tarde desta terça-feira, 8, uma mulher que foi feita refém com uma faca no pescoço na estação Adolfo Pinheiro da Linha 5-Lilás do Metrô.

Segundo a polícia, o homem que mantinha a mulher refém sofre de esquizofrenia e, de acordo com familiares, não tinha tomado o remédio. A ação foi feita com armas não letais.

mulher refém
Crédito: Reprodução/TVHomem que mantinha mulher refém sofre de esquizofrenia e não havia tomado sua medicação

A mulher libertada foi encaminhada ao atendimento médico na UPA de Santo Amaro. O sequestrador foi preso.

Para conseguir libertar a mulher, os policiais do GATE deram um tiro de bala de borracha no lado direito do peito do homem e usaram uma arma de choque para imobilizá-lo.

A estação Adolfo Pinheiro ficou fechada por cerca de duas horas por conta da ocorrência policial.

Compartilhe:

Tags:#Crime