Últimas notícias:

Loading...

Mulher é morta a marretadas no metrô da Linha Azul em São Paulo

Homem que cometeu o crime carregava consigo uma marreta e uma faca; ele foi preso em flagrante

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Uma mulher foi morta na madrugada desta segunda-feira, 26, na Linha Azul do Metrô de São Paulo, vítima de golpes de marreta dados por um homem. O crime aconteceu enquanto o trem passava pela estação Sé. O criminoso quase foi linchado pelos outros passageiros, mas foi preso em flagrante e internado em um hospital.

mulher metrô
Crédito: DivulgaçãoMulher é morta a marretadas no metrô de São Paulo

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, a vítima tinha 46 anos e chegou a ser levada até o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no mesmo dia.

O homem que matou a mulher é um aposentado de 55 anos. Eles não se conheciam e não tiveram as identidades reveladas. Passageiros relataram que ele carregava uma faca e uma marreta. A assessoria de imprensa do Metrô disse que o homem sofreu um surto psicótico.

De acordo com a SSP, a Polícia Civil vai investigar o caso. O crime foi registrado como homicídio na Delegacia do Metropolitano (Delpom), na Barra Funda.