Mulher escreve bilhete e salva passageira que sofria assédio em ônibus

"Moça, mexe na sua orelha direita se esse cara ao seu lado estiver te incomodando", escreveu a jovem na mensagem

Por: Redação Comunicar erro
Thaíza Paula
Crédito: Reprodução / FacebookThaíza Paula publicou a foto do bilhete que recebeu de uma passageira

Uma atitude de sororidade — a união e aliança entre as mulheres — viralizou nas redes sociais nos últimos dias. Uma jovem viu uma passageira sofrendo assédio sexual dentro de um ônibus no Rio de Janeiro e decidiu agir para salvá-la.

Ao desconfiar do caso de assédio, a mulher escreveu um bilhete e entregou à vítima, Thaíza Paula. A mensagem, registrada num pedaço de caderno, dizia: “Moça, mexe na sua orelha direita se esse cara ao seu lado estiver te incomodando. Meu nome é Camila e você pode fingir que me conhece”.

Thaíza publicou uma foto do bilhete em uma rede social e relatou que o homem sentado ao seu lado não parava de olhar em sua direção, o que a deixou incomodada. “A vontade de levantar e sair de perto era grande. Mas o medo do próprio tentar fazer alguma coisa pra impedir era maior ainda”, escreveu.

VEJA COMO AGIR CASO VOCÊ SEJA VÍTIMA DE ASSÉDIO

“Foi quando uma passageira, sentada atrás de mim, aparentando ter mais ou menos a minha idade, me cutucou e me deu esse bilhete! Resumindo: Fingimos que nos conhecíamos de algum lugar, e logo em seguida fui para o banco de trás e sentei ao lado dela, começamos a conversar e trocamos WhatsApp”, contou a vítima.

Segundo a jovem, em seguida, o homem acabou descendo do ônibus. Thaíza declarou que será eternamente grata pela ajuda de Camila. Ela também postou um print da resposta que recebeu após o agradecimento.

“Também não esquecerei de hoje (13/6) e estou muito contente que tenha dado tudo certo! Espero que você e nem ninguém passe por esta situação ou algo parecido. Estamos juntas. Um grande abraço”, respondeu a outra passageira.

Acabei de passar por uma situação, que jamais imaginei que aconteceria comigo!A gente vê muitos casos, mas não imagina…

Publicado por Thaíza Paula em Quinta-feira, 13 de junho de 2019

Assédio em meios de transporte

Uma pesquisa realizada pelos institutos Patrícia Galvão e Locomotiva, em parceria com o aplicativo Uber, apontou que 97% das mulheres já foram vítimas de algum tipo de assédio sexual em meios de transporte no geral, incluindo aplicativos e táxis.

Segundo o levantamento, 41% das participantes receberam olhares insistentes de homens em ônibus e metrôs, enquanto 11% sofreram o mesmo tipo de assédio em táxis e 10%, em transportes por aplicativos. Além disso, 35% já foram “encoxadas” dentro do transporte público e 33% receberam cantadas indesejadas.

Os dados mostram que 22% das entrevistadas disseram que homens passaram a mão em seus corpos nos transportes públicos. O mesmo ocorreu com 3% das mulheres em táxis e 2% em aplicativos de transporte.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …