“Música no Museu” traz clássicos da canção popular e erudita

Semanalmente, o MCB realiza projeto que estimula a divulgação de instrumentistas

Por: Redação
divulgação
EMESP Tom Jobim inaugura a programação do “Música no Museu”, dia 4 de novembro

Cultivando a pluralidade musical de instrumentistas contemporâneos, o projeto Música no Museu, realizado no Museu da Casa Brasileira (MCB), promove apresentações nas manhãs dominicais, a partir das 11h, com entrada Catraca Livre.

No mês de novembro, o público entra em contato com atrações como a sinfonia da Big Band da EMESP Tom Jobim, os arranjos de Heitor Villa Lobos revisitados por Amilton Godoy e Gabriel Grossi, entre outras atrações que celebram mestres da canção popular e erudita.

Confira a programação completa deste mês nas abas abaixo:

Dia

Dia 4, às 11h

Sob a coordenação do músico Eduardo Neves, a Big Band da Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP Tom Jobim) oferece aos jovens instrumentistas a possibilidade de tocar em naipes, improvisar, escrever arranjos e conhecer os diversos gêneros de composição que historicamente se desenvolveram para esta formação.

Dia

Dia 11, às 11h

Ao lado de Ferdinand Mel nos teclados, Flaubert Viana no saxofone, Josué Costa no violão e Bruno Moreno na bateria, o contrabaixista Julio Medeiros apresenta composições próprias como “Solar da Serra” e “Choro de Clara”, além de releituras de clássicos como “Baião” (Luiz Gonzaga/ Humberto Teixeira), registradas no disco “Som d’Arquitetura”.

Dia

Dia 18, às 11h

O Duo Rafael Cardoso e Pedro Macedo traz o vasto universo da música latino-americana escrita originalmente para violão. A partir do encontro destes dois instrumentistas de formações distintas, músicas conhecidas ganham  novas roupagens que evidenciam a riqueza de detalhes rítmicos e melódicos de cada composição. Serão apresentados temas registrados no CD “SIR”, lançado em 2012, além de peças do maestro Edmundo Villani-Côrtes.

Dia

Dia 25, às 11h

Para encerrar as apresentações de novembro, Amilton Godoy e Gabriel Grossi apresentam o projeto Villa-Lobos Popular, que mostra ao público uma releitura de peças do maestro Heitor Villa-Lobos, um dos mais destacados representantes da música brasileira. Arranjos elaborados pelo duo em piano e harmônica evidenciam os elementos da nossa cultura presentes nesta obra, que alimentou toda a produção musical das últimas gerações.

1
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido. Era …
2
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido. Era …
3
Denúncia contra Glenn Greenwald é um ataque à liberdade de imprensa?
Uma denúncia realizada pelo Ministério Público Federal foi vista como um ataque direto à liberdade de imprensa no Brasil. O …
4
9 pontos polêmicos que Sergio Moro se esquivou no Roda Viva
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi o primeiro entrevistado da nova temporada do programa Roda Viva, …
5
‘Noivado’ de Regina Duarte com Bolsonaro divide opiniões
“Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais …
6
A queda: entenda a polêmica que custou o cargo de Roberto Alvim
Após praticamente reproduzir um discurso do ministro nazista Joseph Goebbels, o ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim, protagonizou uma polêmica que …
7
Impunidade de Victor não é caso isolado no Brasil de Bolsonaro
Victor Chavez, cantor sertanejo da extinta dupla Victor e Léo, foi condenado por agredir a esposa grávida de quatro meses …
8
Anarquia da ponte pra lá: a história do punk na periferia de SP
Autor do livro My Way, Valo Velho é história viva da cena anarcopunk de São Paulo. A Catraca Livre foi até …