CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Performance de dança sem música é atração da Bienal

Por: Redação
divulgação28º Bienal de Dança
28º Bienal de Dança

O dançarino Israel Galván é a principal atração deste fim de semana da 28ª Bienal, com apresentação do espetáculo “Solo” às 20h de sexta e sábado. Natural de Sevilla, cidade do sul da Espanha, o coreógrafo é um dos grandes intérpretes de flamenco da atualidade.

O ritmo que nasceu dos rituais folclóricos dos ciganos que vinham da África e dos países árabes rumo à Europa – e que faziam da cidade de Israel um grande corredor – é um dos maiores bens culturais da Espanha. Encenações de tourada também fazem parte do espetáculo, que tem como propósito aguçar a imaginação da platéia – que, por não escutara música, cria ritmos em sua imaginação para acompanhar os passos do artista no palco.

“Essa coreografia me permite explorar mais profundamente meus próprios movimentos e comprovar como funciona uma série de elementos dentro deles. A linguagem coreográfica de Solo… tem muito a ver com a depuração do movimento, a que todos nós bailadores aspiramos”, disse Israel em entrevista recente.

Assista Israel Galván em ação:

Compartilhe:

Tags:#Arte
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.