Informar

Pessoas inocentes viram presidiários em reality show gringo

Por: Redação | Comunicar erro

O sistema carcerário do mundo todo é falho justamente por haver brechas e falhas para que pessoas inocentes, infelizmente, possam ser presas injustamente.

Você toparia participar deste programa?
Você toparia participar deste programa?

E o que pode acontecer quando algo deste tipo de concretiza? Um pouco desta triste realidade será mostrada num programa chamado “60 Days In”, do canal pago A&E. De perto, o público vai poder acompanhar o dia-a-dia de um presídio.

Alguns dos participantes do reality show americano
Alguns dos participantes do reality show americano

Em uma tradução livre, o nome do programa seria 60 Dias Infiltrados na Prisão. No total, os participantes passaram (o programa já foi gravado) 2 meses encarcerados numa prisão da cidade de Jeffersonville, em Indiana, e ninguém, nem mesmo os presos ou a maioria dos policiais, sabiam disso.

ASSISTA AO TRAILER

Apenas uma equipe reduzida tinha esta informação dos “infiltrados”, que tinham códigos combinados com a produção caso a situação apertasse. Um deles era colocar uma toalha sobre a cabeça ou dizer “estou sentindo muita falta de café”.

Todas as câmeras instaladas no presídio foram justificadas com a alegação de que uma série de TV estaria filmando uma matéria sobre pessoas detidas pela primeira vez.

Um dos participantes desistiu após levar um soco de um presidiário
Um dos participantes desistiu após levar um soco de um presidiário

Segundo esta matéria do Hypeness, “Os motivos para a adesão à experiência pelos participantes foram diversos: uma assistente social procurava acabar com uma gangue local, um ex-militar considerou que a experiência lhe ajudaria a se tornar um agente contra o narcotráfico, uma professora queria ilustrar para seus alunos aonde as escolhas erradas poderiam levá-los, e um jovem procurava entender o que seu irmão, de fato preso, passava diariamente”.

Compartilhe: