#PodeSerAbuso: Campanha incentiva denúncia de abuso infantil

Introspecção, desânimo, tristeza, apatia, agressividade. Estes podem ser alguns indicadores de que uma criança não está bem, e é sempre importante investigar. Tudo isso pode indicar, por exemplo, que ela sofreu algum tipo de abuso – físico, sexual, psicológico, seja lá qual for.

Você sabia que, só em 2015, mais de 18 mil denúncias de abuso sexual contra crianças e adolescentes foram registradas no Disque 100? Todos os dias são feitas cerca de 50 denúncias, fora o número de casos não denunciados.

Foi a partir destes números alarmantes, e alinhada ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – que é 18 de Maio, que surgiu a campanha Pode ser Abuso, para promover mobilização nas redes sociais e na mídia e sensibilizar a população para o tema, que é super sério.

Para divulgar a campanha, é possível baixar todos os materiais.

Por meio de materiais que retratam a violência, orientam sobre possíveis sinais de que uma criança está sofrendo abuso e informam os canais de denúncia, a campanha conscientiza e faz um alerta – a ideia é mostrar que o abuso infantil está mais perto do que imaginamos.

A campanha tem como objetivo orientar a sociedade e os profissionais da educação, em especial, professore, que passam a maior parte do tempo em contato com as crianças. É para ficar claro que, independente da frequência e da idade, o abuso sexual deixa marcas para a vida toda e todos somos responsáveis por quebrar o silêncio e mudar essa realidade.

Para colaborar e divulgar a campanha, clique aqui e tenha acesso a todos os materiais. No dia 18 de maio, não deixe de usar a hashtag: #PODESERABUSO

Contribua, denuncia! #PodeSerAbuso
  • Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de oito anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos.

Com a repercussão do caso e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, a data foi instituída como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Desde então, esse se tornou o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência.

Leia mais:

Compartilhe:

1 / 8
1
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
2
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
3
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …
4
04:04
Justiça quebra sigilo bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz
As acusações envolvendo esquemas de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro estão ganhando um novo capítulo. Pedra no sapato do …
5
02:52
Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no Supremo
O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu em indicar o ministro Sergio Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal. A …
6
03:41
Movimentos estudantis convocam ato contra os cortes na educação
Um ato marcado para esta quarta-feira, 15 de maio, promete mobilizar secundaristas, universitários, pós-graduandos, professores e outros profissionais contra os …
7
06:06
A construção do papel de mãe para quem opta pela adoção
O depoimento de Rosangela Ferreira faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade tem …
8
06:33
O drama de retornar ao trabalho após a licença maternidade
O depoimento de Maria da Conceição faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade …