Político ‘converte’ votos em 770 árvores em cidade no ES

Pequenas atitudes transformam o mundo: após não ser eleito como vereador, João Marcos Cunha Filho decidiu fazer uma ação em prol do meio ambiente

candidato a vereador e uma das mudas que plantou
Crédito: Arquivo PessoalO rapaz é o atual Superintendente da Prefeitura de Colatina

Em 2016, o arquiteto João Marcos Cunha Filho, de 27 anos, decidiu se candidatar ao cargo de vereador em Colatina, no Espírito Santo. Embora não tenha sido eleito, o atual Superintendente da Prefeitura teve uma ideia em prol do meio ambiente: “converter” o número de votos que recebeu, o total de 873, em árvores plantadas no município.

De lá para cá, já foram plantadas 770 mudas, sendo que as outras 103 serão cultivadas no período das chuvas. Entre as espécies das novas árvores de Colatina, estão: Paineiras Rosa, Aroeiras, Patas-de-Vaca, Ipês, Pau Brasil, Pau Ferro, Jacarandás, Cedro Rosa, além de diversas árvores frutíferas, como Limoeiros, Laranjeiras, Jaqueiras, Jabuticabeiras, Pitangueiras, Jambeiras, Ingazeiros, entre outras.

A ideia surgiu logo após as eleições como uma maneira de cumprir as promessas de seu mandato, voltadas principalmente ao meio ambiente. “Durante a campanha eu incentivava o reflorestamento dos topos de morros e nascentes, bem como as margens dos rios, principalmente o Rio Doce, que corta a cidade de Colatina e que um ano antes do pleito havia sido atingido pelo crime ambiental de Mariana e até hoje a cidade sofre com isso”, afirma em entrevista à Catraca Livre.

A receptividade dos moradores da cidade foi tão positiva que até hoje o arquiteto é chamado de “João das Árvores”. “Muitos me procuraram durante esses anos buscando mudas ou até mesmo se prontificando em ajudar no plantio”, conta o rapaz. Além do apoio das pessoas, João recebeu ajuda do município e conseguiu algumas mudas no Horto Florestal.

Segundo o idealizador do projeto, os impactos de sua ideia são numerosos e se dão em todas as esferas, desde a visual, passando pela qualidade do ar, até a saúde e bem-estar. “Para uma cidade quente, como Colatina, a arborização é uma alternativa barata que auxilia na redução da temperatura. Mas o melhor de tudo é o impacto que as árvores causam em nós. Não há nada mais bonito do que ver que aquela pequena mudinha está crescendo e contribuindo com o meio ambiente”, ressalta ele.

João diz, ainda, que planeja continuar com a iniciativa mesmo depois de cumprir sua promessa e plantar as árvores restantes. Ele também foi candidato a deputado estadual em 2018 e recebeu 1110 votos, porém, não foi eleito.