Porta-voz da PM reconhece abuso policial; vídeos mostram espancamentos

Vídeos mostram policiais militares espancando ao menos dois adolescentes durante a ação; moradores dizem que jovens sofreram emboscada da PM

Por: Redação

Em meio à repercussão das mortes ocorridas na madrugada deste domingo, 1, na comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, o tenente-coronel Emerson Massera, porta-voz da Polícia Militar de São Paulo, concedeu entrevista coletiva para explicar ação da PM.

Masssera detalhou a operação dos policiais, que perseguiam dois homens em uma moto em atitude suspeita quando chegaram ao local onde acontecia o baile funk.

Vídeo violencia policial paraisópolis
Crédito: ReproduçãoMomento em que policiais encurraralam dezenas de jovens em viela na comunidade de Paraisópolis

No meio da multidão, os agentes foram supostamente atacados por pessoas que arremessaram pedras e garrafas. Segundo ele, a atuação foi de proteção aos policiais. “A fuga foi breve. (Os suspeitos) Entraram na comunidade atirando contra os policiais. A moto ainda não foi apreendida, nem os indivíduos foram presos. Todos os policiais relataram a mesma coisa. Estamos apurando se existem câmeras na região para esclarecer melhor. A tentativa de abordagem realmente se deu, isso temos comprovado pela comunicação de rádio.”

Para o porta-voz da PM ainda é difícil analisar se o procedimento foi correto e ressaltou que, em casos como esse, a atuação deve ser preventiva. Considerou “razoável” o uso das balas de borracha e que “possivelmente foi aplicada de forma correta”, sem descartar a necessidade de investigação.violência policial

Espancamentos, tiros e correria

Nas redes sociais, vídeos mostram policiais militares espancando ao menos dois adolescentes durante a ação. Imagens feitas por moradores flagraram PMs dando socos, chutes e pisando em jovens já detidos. Em outro registro, policiais encurralam e agridem dezenas de adolescentes em uma estreita viela da comunidade.

Em entrevista ao G1, a mãe de uma jovem de 17 anos, ferida durante a ação, disse que a polícia preparou uma emboscada para os frequentadores do evento_que, por volta das 3h, reunia cerca de 5 mil pessoas. “É uma rua com duas ou três saídas. Os policiais fecharam e coagiram. Atiraram com arma de fogo – não só com bala de borracha. Bateram com cassetete, fora spray de pimenta”.

Segundo ela, um policial agrediu sua filha com uma garrafada. A adolescente também apresenta marcas de cassetete nas costas. “Os policiais fecharam a rua. Teve corre-corre, pisoteamento de adolescente. Gás de pimenta, bala de borracha, e ainda estavam agredindo pessoas. Foi um policial que tacou garrafa de vidro na minha filha.”

PM reconhece excessos

Masseira reconheceu que as imagens sugerem excessos dos agentes e que, se provado algum abuso ou excesso na ação, haverá punição ao responsável.”Nós recebemos as imagens, todas as imagens estão incluídas no inquérito policial militar para ser analisadas. Não temos certeza que tudo tenha acontecido nesta madrugada. Algumas imagens nos sugerem abuso, ação desproporcional. Evidentemente, o rigor vai responsabilizar quem cometeu algum excesso, algum abuso”.

 Vídeos denunciam violência policial contra jovens em Baile Funk

1
9 pontos polêmicos que Sergio Moro se esquivou no Roda Viva
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi o primeiro entrevistado da nova temporada do programa Roda Viva, …
2
‘Noivado’ de Regina Duarte com Bolsonaro divide opiniões
“Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais …
3
A queda: entenda a polêmica que custou o cargo de Roberto Alvim
Após praticamente reproduzir um discurso do ministro nazista Joseph Goebbels, o ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim, protagonizou uma polêmica que …
4
Impunidade de Victor não é caso isolado no Brasil de Bolsonaro
Victor Chavez, cantor sertanejo da extinta dupla Victor e Léo, foi condenado por agredir a esposa grávida de quatro meses …
5
Anarquia da ponte pra lá: a história do punk na periferia de SP
Autor do livro My Way, Valo Velho é história viva da cena anarcopunk de São Paulo. A Catraca Livre foi até …
6
Backer: entenda o caso das cervejas contaminadas
O Ministério da Agricultura suspendeu a venda de cervejas da marcar Backer e determinou que a empresa faça um recall …
7
O que é liberdade de expressão?
O que é liberdade de expressão? Entenda o significado e a importância desse direito tão importante para todos nós neste …
8
Entenda o acordo nuclear que envolve EUA x Irã
Errata: ao contrário do que aparece no vídeo, o nome do especialista entrevistado é Lucas Leite e não Felipe. O …