Últimas notícias:

Loading...

Presos são torturados por agentes penitenciários em Goiás

A ação violenta está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual

Por: Redação
As cenas do vídeo chocaram o país

Um vídeo reproduzido pelo Jornal Nacional (Globo), nesta quinta-feira, dia 30, chocou o país ao mostrar presos sendo torturados com armas de choque por agentes penitenciários de Goiás, mesmo sem demonstrarem resistência. A ação violenta é investigada pelo Ministério Público Estadual.

Em Jataí, um detento foi vítima de choques até cair da cama enquanto dormia. Em Formosa, um agente escolheu um dos presos, em meio a vários outros, e acertou suas costas. Outro detento que estava de pé também levou choque. Em seguida, tomou um tapa no pescoço e foi levado para dentro da cela, onde levou mais um choque.

Os vídeos foram gravados por agentes do Grupo de Operações Penitenciárias (Gope). “Na visão do sindicato, não aconteceu nenhum crime ali. Pode ter acontecido algum excesso, mas crime não houve. Ali é um procedimento padrão realizado pelo Gope”, disse Maxsuell Miranda, presidente do Sindicato dos Servidos de Execução Penal.

De acordo com o sindicato, a ação registrada nos vídeos aconteceu depois de motins. “Os presos receberam a ordem do Gope e não acataram. Resolveram resistir às ordens do Gope”, afirmou Miranda.

A Comissão de Direitos Humanos da OAB em Goiás declarou que os agentes cometeram o crime de tortura. Após as denúncias, a Secretaria de Segurança Pública do estado determinou que todas as ações que forem feitas pelo Gope dentro de presídios do estado sejam gravadas.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Goiás, os vídeos foram gravados há mais de um ano e passaram por uma perícia, que afastou os seis agentes que aparecem nas imagens. Além disso, os 80 integrantes do Grupo de Operações Penitenciárias vão passar por um curso de reciclagem.

Assista ao vídeo neste link.

  • Leia também:

Compartilhe: