Últimas notícias:

Loading...

Quebec aumenta vacinação em 400% após vetar maconha e álcool a não vacinados

O prefeito do Rio aprovou a ideia e quer proibir “litrão” de cerveja para quem não se vacinar

Por: Redação

A província de Quebec, no Canadá, aumentou em mais de 400% o número de vacinados contra a covid-19 depois de adotar a proibição da venda de álcool e maconha aos não vacinados. Lá, o uso recreativo da Cannabis foi legalizado em 2018.

Os agendamentos diários foram de 1,5 mil para mais de 6 mil na província canadense.

Quebec veta maconha e álcool a não vacinados e vacinação aumenta 400%
Crédito: DEZALB/PixabayQuebec veta maconha e álcool a não vacinados

Além da medida, François Legault, premier de Quebec, afirmou na última terça-feira, 11, que vai cobrar mais imposto dos que se recusarem a tomar vacina. A contribuição adicional servia para compensar os gastos com os doentes em hospitais.

“Aqueles que recusam a vacina originam encargos financeiros ao sistema de saúde e à população do Quebec”, disse Legault.

Exemplo de Quebec

Ao saber da estratégia de sucesso do Canadá, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, usou as redes sociais para informar que deseja “seguir o bonde” de Quebec, proibindo o “litrão” aos não vacinados.

"Pensando em pegar esse bonde e proibir o Litrão (uma gelada) pra eles aqui no Rio!", escreveu o prefeito
Crédito: Reprodução/Twitter“Pensando em pegar esse bonde e proibir o Litrão (uma gelada) pra eles aqui no Rio!”, escreveu o prefeito

“Pensando em pegar esse bonde e proibir o Litrão (uma gelada) pra eles aqui no Rio!”, escreveu em tom de brincadeira.

Pelo menos 740 mil pessoas do Rio de Janeiro já estão aptas a receber a dose de reforço da vacina contra o coronavírus.

Compartilhe:

?>