Queimadas na Amazônia em junho são as maiores dos últimos 13 anos

Os dados foram obtidos a partir de imagens de satélite e mostram um aumento de 19,6% em comparação com junho de 2019

Dados alarmantes do Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que o Brasil bateu um novo recorde negativo: em junho, a Amazônia registrou o maior número de focos de queimadas dos últimos 13 anos.

Quando comparado ao mesmo período dos anos anteriores, o registrado em junho de 2020 é superior ao que foi destruído desde 2007 na região amazônica.

Focos de incêndios na Amazônia aumentam 30% em 2019

Pixabay

Os dados foram obtidos a partir de imagens de satélite e mostram um aumento de 19,6% em comparação com junho de 2019. Foram 1.880 focos ativos no ano passado e 2.248 em junho de 2020.

Confira o final desta história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

ANDA

Em parceria com ANDA

Agência de Notícias de Direitos Animais e maior portal de notícias sobre animais do mundo.

Compartilhe:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário ANDA

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.