Informar

Raquel Potí comanda pernas de pau a favor da liberdade feminina

Por revista "Gênero e Número" e bloco Mulheres Rodadas

Por: Redação | Comunicar erro

Com um bebê de dois meses em casa, a pernalta Raquel Potí, sempre com uma agenda intensa de desfiles durante a folia, está atenta à energia que vai levar para casa neste Carnaval. Para ela, que dança, salta, brinca e até amamenta o pequeno Tiê na perna de pau, o Carnaval é um período em que as energias estão circulando intensamente, para o bem e para o mal.

Raquel Poti, acrobata,, atriz e pernalta

“Eu consigo quase transmutar quando estou num bloco, é como uma meditação, algo muito forte, e descobri isso desde 2009, quando senti que uma dor horrível se transformou em algo mais leve, logo após a perda do meu companheiro, que morreu com câncer”, relembra.

Naquele ano, ao sair no Carmelitas, ela começou a encontrar seu lugar nos blocos do centro do Rio, depois de se mudar de Barra de Guaratiba, de onde guarda doces memórias de uma infância com marchinhas compostas pelo avô e fantasias feitas com tecido de lençol pela avó.

Leia aqui a íntegra do perfil.

Compartilhe: