Últimas notícias:

Loading...

Site reúne serviços que não discriminam trans e travestis

Por: Redação

O Brasil é o país com o maior número de assassinatos de travestis e transexuais. A discriminação faz com que a grande maioria dessas pessoas não consiga completar seus estudos e esteja fora do mercado de trabalho formal. Que tal ajudar a desconstruir o preconceito e valorizar os serviços desse grupo?

Se você é dentista, médico, cabeleireiro, advogado, professor, ou ofereça qualquer outro tipo de serviço que não discrimine trans e travestis, já é possível cadastrá-lo no site “Transerviços“. Por meio do projeto, os usuários podem sugerir e pesquisar estabelecimentos que não propaguem a transfobia e que respeitem os direitos dessa parcela da população.

AppleMark
A plataforma oferece serviços que não propaguem a transfobia

A plataforma permite que trans e travestis ofereçam seus trabalhos e ainda disponibiliza aos usuários o cadastro de outros profissionais que não discriminem minorias.

Nessa primeira etapa, o objetivo do site é coletar sugestões, reclamações e opiniões dos internautas a respeito dos serviços já cadastrados. Gostou da ideia? Clique aqui para conhecer mais e tire suas dúvidas pelo e-mail transervicos@gmail.com.

Compartilhe: