OMS retira transexualidade da lista de doenças mentais

A última atualização da norma foi feita há 28 anos

Por: Redação | Comunicar erro
Transexualidade: manifesto realizado na praia de Copacabana lembra as vítimas da transfobia no Brasil
Transexualidade: manifesto realizado na praia de Copacabana lembra as vítimas da transfobia no Brasil

A transexualidade não é mais considerada uma doença mental pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A nova edição da Classificação Internacional de Doenças (CID), publicada nesta segunda-feira, 18, retirou a definição do termo como “transtorno de identidade de gênero”, deixando de ser uma “doença mental”, mas continua na lista como “incongruência de gênero”.

A última atualização do catálogo foi feita há 28 anos. “A lógica é que, enquanto as evidências são claras de que [a transexualidade] não é um transtorno mental, pode causar enorme estigma para as pessoas que são transexuais e, por isso, ainda existem necessidades significativas de cuidados de saúde que podem ser melhores se a condição for codificada sob o CID”, diz a OMS em nota no site oficial.

Na última década, especialistas da organização analisaram os dados científicos mais recentes para formar um novo padrão a ser utilizado por profissionais da saúde do mundo inteiro. O prazo para cada país se adaptar à CID é 1º de janeiro de 2022.

A CID-11, segundo a OMS, “mapeia a condição humana do nascimento à morte: qualquer ferimento ou doença que encontramos na vida – e qualquer coisa que pode nos levar à morte – está codificada”. A norma foi idealizada para que os países tenham os dados estatísticos e epidemiológicos sobre sua situação sanitária e possam criar programas a partir disso.

Até a mudança, as pessoas que não se identificavam com o gênero de nascimento eram consideradas doentes mentais, conforme a classificação da OMS. Com a alteração, a organização mantém a transexualidade dentro da classificação para que uma pessoa possa ter ajuda médica quando precisar.

Leia também:

Compartilhe:

1 / 8
1
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
2
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
3
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …
4
04:04
Justiça quebra sigilo bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz
As acusações envolvendo esquemas de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro estão ganhando um novo capítulo. Pedra no sapato do …
5
02:52
Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no Supremo
O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu em indicar o ministro Sergio Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal. A …
6
03:41
Movimentos estudantis convocam ato contra os cortes na educação
Um ato marcado para esta quarta-feira, 15 de maio, promete mobilizar secundaristas, universitários, pós-graduandos, professores e outros profissionais contra os …
7
06:06
A construção do papel de mãe para quem opta pela adoção
O depoimento de Rosangela Ferreira faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade tem …
8
06:33
O drama de retornar ao trabalho após a licença maternidade
O depoimento de Maria da Conceição faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade …