USP e UFSCar criam detector de fake news para WhatsApp e web

Em época de eleições, as notícias falsas estão cada vez mais presentes nas redes sociais; veja como usar a ferramenta

Por: Redação Comunicar erro
Crédito: ReproduçãoFake news: a Justiça determinou a retirada de vídeos em que Bolsonaro faz críticas ao livro ‘Aparelho Sexual e Cia.’, citando-o como se fosse o tal ‘kit gay’

Em época de eleições, os boatos estão cada vez mais presentes nas redes sociais. Pensando nisso, um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) criou uma plataforma que detecta fake news. Chamada NILC-USP, a ferramenta funciona no WhatsApp e na web, e tem como principal objetivo auxiliar o usuário a não compartilhar ou acreditas em notícias falsas.

O software foi treinado com milhares de notícias falsas e verdadeiras. A partir disso, a inteligência artificial do programa aprendeu a identificar estruturas que aparecem de forma recorrente em textos verdadeiros e falsos.

Um dos quesitos levados em conta pela ferramenta para entender qual notícia é falsa é o erro ortográfico. Isso porque das 3,6 mil das notícias falsas analisadas, 36% continham algum erro de ortografia. Já em matérias verídicas, esse número caiu para 3%.

“A ideia é que a ferramenta seja um apoio para o usuário. Ainda estamos no início desse projeto e, no estado atual, o sistema identifica, com 90% de precisão, notícias que são totalmente verdadeiras ou totalmente falsas”, explica o professor Thiago Pardo, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos.

“No entanto, as pessoas que propagam fake news costumam embasar suas mentiras em fatos verdadeiros. Nossa plataforma ainda não tem a capacidade de separar as informações com esse nível de refinamento, mas estamos trabalhando para isso”, completa o professor.

Veja como usar o detector de fake news

Quer saber como usar o detector de fake news? Acesse este site em seu navegador ou ative o bot do WhatsApp pelo smartphone. Na parte de mensagens, digite a palavra “fake” para ativar o serviço e, então, basta colar o texto completo para ver a avaliação.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …