CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Venezuela, Cuba e Brasil têm os piores presidentes da América Latina

O presidente do Brasil ocupa o 3º lugar entre os mais mal avaliados com apenas 29% de aprovação, segundo revelou pesquisa Ipsos

Por: Redação

Venezuela (Maduro), Cuba (Miguel Díaz-Canel) e Brasil (Bolsonaro) têm os presidentes com a menor aprovação da América Latina, revelou a pesquisa “Aprovação Presidencial” realizada pelo Instituto Ipsos, entre 27 de junho e 24 de julho de 2019.

Venezuela cuba bolsonaro menor aprovação
Crédito: Reprodução/Agência Brasil Instagram e TwitterAo lado de Cuba e Venezuela, Bolsonaro está entre os presidentes com pior avaliação da América Latina

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, tem a menor aprovação com apenas 3%. Em seguida estão: Miguel Díaz-Canel, presidente do Conselho de Estado da República de Cuba, com 18%, e Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, com 29%.

O presidente com maior aprovação é Sebastian Piñera, do Chile, com 68%. Em segundo lugar está Tabaré Vásquez, presidente do Uruguai, com 65%. Em seguida estão: Iván Duque, presidente da Colômbia, com 53%, Martín Vizcarra, do Peru, com 51%, e Lenin Moreno, do Equador, com 51%.

O presidente do México Andrés Manuel López Obrador teve a maior queda de desempenho entre 2018 e 2019. Sua aprovação que era de 60% passou para 44%. Bolsonaro tinha na última edição do levantamento, em novembro de 2018, a aprovação de 25%.

A pesquisa foi realizada com influenciadores e jornalistas que publicam regularmente em veículos de comunicação na América Latina. 403 entrevistados em 14 países, incluindo o Brasil participaram do levantamento.

Ipsos

A Ipsos é uma empresa de pesquisa de mercado independente, com sede na França e presente em 90 países. Com mais de 18 mil colaboradores pelo mundo, ela faz pesquisas de dados e análises sobre pessoas, mercados, marcas e sociedades para facilitar a tomada de decisão das empresas e das organizações. É tida como a maior empresa de pesquisa eleitoral do mundo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.