Vídeo mostra prefeito na Paraíba escondendo propina na cueca

João Bosco Nonato foi preso pela PF em outubro de 2019; R$ 25 mil seriam destinados ao deputado afastado Wilson Santiago

Por: Redação

O prefeito da cidade de Uiraúna, no interior da Paraíba, João Bosco Nonato Fernandes (PSDB), foi flagrado pela Polícia Federal recebendo R$ 25 mil de propina. As gravações foram obtidas pelo jornal O Estado de S. Paulo.

No vídeo é possível ver o prefeito recebendo o dinheiro do empresário George Ramalho, da Coenco Construções, e colocando na roupa íntima. “Na cueca, camisa é curta’, diz João Bosco ao empresário.

A ação foi realizada no dia 22 de outubro do ano passado, em um quarto de hotel em Souza (PB).

Crédito: Reprodução/YouTubeVídeo mostra da cidade de Uiraúna, no interior da Paraíba, recebendo R$ 25 mil de propina

O vídeo e o áudio do encontro foram anexados ao inquérito policial que culminou na Operação Pés de Barro, que prendeu o chefe do executivo de Uiraúna.

De acordo com a PF, o dinheiro era destinado ao deputado federal afastado Wilson Santiago (PTB).

A operação apura suposto desvio de recursos da construção da Adutora Capivara, no sertão paraibano. Segundo as investigações, entre outubro de 2018 e novembro de 2019, a empresa Coenco Construções, responsável pela obra, pagou R$ 1,2 milhão em propinas ao deputado e R$ 633 mil ao prefeito.

Compartilhe: