Vídeo mostra três pessoas em ataque à sede do ‘Porta dos Fundos’

Prédio foi atingido por coquetéis molotov; crime aconteceu menos de três semanas após o grupo de humor lançar o "Especial de Natal" na Netflix

A sede do Porta dos Fundos, no Rio de Janeiro, sofreu ataques com coquetéis molotov nesta véspera de Natal, 24 de dezembro. Imagens entregues à Secretaria de Segurança do Rio mostram que ao menos três pessoas participaram do crime. Dois homens desceram de uma caminhonete e outro de uma moto.

O ataque criminoso acontece menos de três semanas após o grupo de humor lançar o “Especial de Natal” na Netflix. O episódio foi bastante criticado por líderes religiosos e políticos que se sentiram incomodados com o fato de o “Porta” ter retratado um Jesus Cristo gay.

Sede do “Porta dos Fundos” é atacada; vídeo mostra três pessoas
Créditos: reprodução/Netflix
Sede do “Porta dos Fundos” é atacada; vídeo mostra três pessoas

Segundo o colunista Mauricio Stycer, do UOL, as imagens mostram que os coquetéis molotov produziram chamas enormes. Não houve maiores consequências porque o segurança agiu rápido e conseguiu conter o fogo.

O prédio fica no Humaitá, bairro nobre na zona sul do Rio de Janeiro, numa área repleta de câmeras de segurança.

Leia a nota do Porta dos Fundos na íntegra:

“Na madrugada do dia 24 de dezembro, véspera de Natal, a sede do Porta dos Fundos foi vítima de um atentado. Foram atirados coquetéis molotov contra nosso edifício. Um dos seguranças conseguiu controlar o princípio de incêndio e não houve feridos apesar da ação ter colocado em risco várias vidas inocentes na empresa e na rua.

O Porta dos Fundos condena qualquer ato de violência e, por isso, já disponibilizou as imagens das câmeras de segurança para as autoridades, para o Secretário de Segurança e espera que os responsáveis pelos ataques sejam encontrados e punidos. Contudo, nossa prioridade, neste momento, é a segurança de toda a equipe que trabalha conosco.

Assim que tivermos mais detalhes, voltaremos a nos manifestar. Mas, por enquanto, adiantamos que seguiremos em frente, mais unidos, mais fortes, mais inspirados e confiantes que o país sobreviverá a essa tormenta de ódio e o amor prevalecerá junto com a liberdade de expressão.”

View this post on Instagram

A post shared by Porta Dos Fundos (@portadosfundos)

Fábio Porchat se manifesta

Fábio Porchat: “Não vão nos calar! Nunca! É preciso estar atento e forte…”

Opinião