Vítimas de abuso sexual por padres relatam casos no Vaticano

'Engravidei três vezes, e ele me obrigou a abortar', diz vítima de abuso sexual por padre

Crédito: Getty ImagesRome, Italy – April 24, 2011: Crowds gather outside St. Peter’s Basillica in Rome to hear the Pope speak on Easter Sunday.

Durante abertura do encontro “A proteção de menores na Igreja”, nesta quinta-feira, 21, convocado pelo Papa Francisco para tratar dos crimes de abuso sexual e pedofilia dentro da instituição com os representantes do alto clero no mundo, foi exibido um vídeo com depoimentos de sobreviventes de abusos. “Engravidei três vezes, e ele me obrigou a abortar”, disse uma vítima.

Os nomes das vítimas não foram divulgados, sobre o caso citado se sabe que se trata de uma mulher africana. Entre lágrimas, ela contou sua história no vídeo.

“A partir dos 15 anos, tive relações sexuais com um padre. Isso durou 13 anos. Fiquei grávida três vezes, e ele me fez abortar três vezes, simplesmente porque não queria usar preservativos ou métodos contraceptivos. No início, eu confiei tanto nele que não pensei que pudesse abusar de mim. Eu tinha medo dele e toda vez que me recusava a ter relações sexuais, ele me batia. Como eu era completamente dependente dele economicamente, sofri todas as humilhações que me infligia”, relatou a africana.

“Tínhamos essas relações tanto em casa quanto no povoado e também no centro de acolhimento diocesano. Nessa relação eu não tinha o direito de ter namorado. Toda vez que eu tinha um, e ele vinha a saber, me batia. Era a condição para que me ajudasse economicamente… Ele me dava tudo o que eu queria, quando eu aceitava ter relações sexuais, caso contrário, me batia”, contou.

O evento, que segue até domingo, dia 24, na Cidade do Vaticano, é o primeiro do tipo para discutir o problema de abusos sexuais praticados por membros da Igreja e reúne 190 participantes, entre eles 114 presidentes de conferências episcopais, 12 religiosos e dez religiosas, focados em compartilhar experiências em prevenção e combate aos abusos de menores, e produzir material que poderá servir de base para a aplicação de medidas concretas nas realidades locais.

Na segunda-feira, 18, o Papa Francisco tuitou: “Convido-os a rezar nestes dias pelo encontro sobre a proteção de menores na Igreja, evento que quis realizar como ato de forte responsabilidade pastoral diante de um desafio urgente do nosso tempo” .

O vídeo apresentado nesta quinta-feira, 21, contou com outros relatos, saiba mais aqui.

Compartilhe:

1 / 8
1
02:53
Suzano e Nova Zelândia: os impactos da exposição excessiva
A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse que o nome do atirador que matou 50 pessoas em uma mesquita em …
2
02:28
Posse de armas: Nova Zelândia dá exemplo de civilidade ao mundo
Após chocar o mundo nesta semana com o massacre de 50 pessoas em duas mesquitas de Christchurch, a Nova Zelândia …
3
03:10
Entenda o mistério por trás da boneca Momo
Ainda mais perturbador, o Desafio da Momo está de volta e desta vez a boneca aparece supostamente dentro de vídeos …
4
02:25
Bolsonaro apoia a construção de muro entre EUA e México
Em viagem diplomática a Washington, o presidente Jair Bolsonaro disse apoiar a construção do muro na fronteira entre EUA e México, …
5
01:42
A nova decisão do STF e o futuro da Lava Jato
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a partir de então os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção quando …
6
02:31
Atentado na Nova Zelândia: crimes transmitidos nas redes sociais
Mais um atentado terrorista chocou o mundo nesta sexta-feira, dia 15. Um atirador realizou ataques simuntâneos em duas mesquitas, deixando …
7
01:45
O lugar em que os atiradores de Suzano foram considerados heróis
Uma reportagem publicada nesta terça-feira, 14, pelo portal da Vice indica que os atiradores que invadiram a Escola Estadual Raul …
8
04:17
Últimas notícias sobre a tragédia em Suzano