Viúva de Paulo Freire sobre Bolsonaro: ‘nefasto e sem caráter’

Ana Maria afirma que Bolsonaro critica o educador por "inveja" e por não conseguir ser como o marido

Por: Redação

A educadora Ana Maria Freire, 86 anos, rebateu o presidente Jair Bolsonaro que chamou Paulo Freire de “energúmeno”.  “A palavra não se adequa a Paulo. Paulo não é isso. Paulo não é nenhum demônio que veio à Terra. Pelo contrário, Paulo veio à Terra para pacificar o mundo”, disse ela ao jornalista Guilherme Amado, da Época.

Ana Freire salientou que o tipo de crítica feita por Bolsonaro não é “postura de um presidente” e que ele é um homem “nefasto”.

Presidente Jair Bolsonaro
Crédito: Agência Brasil/Antônio CruzBolsonaro chamou Paulo Freire de “energúmeno”

“Paulo está lá sossegado no lugar dele, está lá no céu. Bolsonaro é um homem sem nenhum pudor, sem nenhum caráter, sem nenhuma autocensura. Tudo o que ele tem na cabeça é contra as outras pessoas. É um homem nefasto, uma coisa absolutamente terrível”, disse Ana Freire.

Bolsonaro fez as afirmações contra o patrono da educação brasileira e a TV Escola na saída do Palácio da Alvorada nesta segunda-feira, 16, ao ser questionado sobre o tema enquanto conversava e fazia fotos com apoiadores.

“Você conhece a programação da TV Escola? Deseduca. Por que a educação do Brasil está lá embaixo? Por causa dessas programações”, disse o presidente. Segundo ele, a renovação do contrato custaria R$ 350 milhões e que seria um dinheiro jogado no lixo.

“Era uma programação totalmente de esquerda. Ideologia de gênero. Dinheiro público para ideologia de gênero. Tem que mudar. Daqui a cinco, dez anos, quinze, vai ter reflexo.”