Sarau em família: descubra talentos e divirta-se nessa atividade!

Do parceiro Tempojunto.

Nós amamos atividades em família e nosso parceiro, Tempojunto, também. Foi pensando nisso que eles trouxeram, no início deste mês, um post com uma ideia bem legal: o show de talentos. Você já pensou em organizar uma espécie de sarau em família?

Esta é uma excelente atividade – além de unir gerações (não tem idade limite para gostar de cantar, dançar, contar piada e etc), é uma chance de trocar informações sobre gostos pessoais e encontrar afinidades entre avós e netos, tios e sobrinhos e por aí vai.

Além de conhecer talentos dentro da família, sarau é importante para a conexão, o elo entre pais e filhos, avós, etc.

O sarau em família pode transformar uma noite comum numa experiência em família super divertida. Confira aqui algumas dicas e adote a brincadeira na sua casa.

“Quando eu brinco de show de talentos com a minha família duas coisas chamam a atenção. Primeiro é observar quais são os artistas que sobrevivem ao tempo. Os Beatles, por exemplo, são uma unanimidade” – conta Patrícia Marinho, a autora do texto.

Essa atividade também é muito interessante porque, brincando, descobre-se grandes talentos dentro da própria família. E esses talentos são capazes inclusive de levantar a autoestima e fazer as crianças descobrirem hobbies que dão prazer.

“E se alguém for tímido e não quiser participar, lógico que temos que entender. Mas até para isso o show de talentos é bom. Quem sabe não temos um caso de timidez excessiva em casa. Afinal, uma apresentação qualquer para amigos e família é uma situação bem menos estressante que apresentar um trabalho na escola, por exemplo” – completa a blogueira.

Não tem problema se sua família é pequena demais ou grande demais. Dá pra brincar de sarau de qualquer jeito!

Você aí do outro lado deve estar pensando: mas minha família é pequena, não daria para colocar em prática essa atividade. Ou então: minha família é grande demais, seria caótico. Para isso, a publicação também tem a solução:

“Se você morar numa casa com pouca gente ou não tiver o hábito de reunir um grupo de amigos, o karaokê da família já é um ponto de partida. Ampliando o conceito de talento, uma noite de contação de piadas ou de jogos de raciocínio também.

Já se você tiver muita gente por perto, um show de talentos tradicional, daquele em que tem um palco para apresentação e platéia assistindo é perfeito! Eu tenho 3 irmãos e todos temos pelo menos 2 filhos. Então minha mãe tem 10 netos. Dá para imaginar que quando a gente se reúne é uma farra, né?”

Para acessar o post do Tempojunto e conferir o passo a passo para o sarau em família, clique aqui. A diversão é garantida, não deixe de fazer!

Leia mais:

1 / 8
1
07:51
Mestres da Criatividade: Conheça a história do tenor Jean William
A Catraca Livre convidou o excepcional tenor Jean Willliam para concerto com a Orquestra Sinfônica Heliópolis no dia 18 de …
2
01:02
As publicidades de elevador mais criativas
A equipe do Mestres da Criatividade selecionou a lista das dez propagandas de elevador mais criativas para inspirar o seu …
3
59s
Os dez prédios mais estranhos do mundo
A equipe do Mestres da Criatividade separou a uma lista dos dez prédios mais estranhos do mundo. Lugares ótimos para …
4
01:03
Os dez jardins mais lindos do mundo
A equipe do Mestres da Criatividade separou a uma lista dos dez mais bonitos jardins do planeta. Lugares ótimos para …
5
02:11
Conheça a história do Museu Guggenheim em Nova Iorque
O jornalista Gilberto Dimenstein visitou o museu Guggenenheim em Nova Iorque e nos conta sobre a história desse lugar maravilhoso. Este …
6
02:20
Avô dança com neto na véspera de cirurgia
O pequeno garoto coreano Kyu San Juan descobriu que teria que se submeter a uma delicada cirurgia no cérebro. A …
7
01:51
Gari defende TCC vestido com uniforme de trabalho
O gari Ednilson de Pontes Silva, de 31 anos, defendeu seu trabalho de conclusão do curso de licenciatura em história …
8
01:20
Cientistas conseguem transformar sangue tipo A em tipo O
Um grupo de cientistas da Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, conseguiram transformar sangue do tipo A em doador universal. O …