Nando Moura revela ignorância tecnológica e histeria ideológica

É mais mais um exemplo de como funciona a histeria ideológica nas redes sociais.
Segue a mesma linha de ignorância do guru Olavo de Carvalho.
O youtubuer Nando Moura ataca a viagem de deputados do PSL à China, onde foram conhecer um sistema de reconhecimento facial.
Ninguém estava ali para fechar negócios. Apenas para conhecer uma experiência.
Vou logo dizendo que não tenho nenhuma simpatia pelo regime autoritário chinês. Pelo contrário.
Aliás, me emocionei profundamente com a exposição, em São Paulo, do artista Ai Weiwei, que sintetiza a luta pela liberdade na China.
Mas não vejo nenhum problema em parlamentares visitarem países – ainda mais um pais com a pujança da China.
A histeria está especialmente em outro ponto.
Nando Moura fala que essa tecnologia seria um jeito dos chineses controlarem os brasileiros. OK.
Mas quem controla mesmo os passos de cada brasileiro são Twitter, Google, Youtube, WhatsApp, Facebook, etc.
Nem por isso deixamos de usar essas redes sociais – apenas defendemos que seja preservada a privacidade.
Uma coisa é ser de direita ou esquerda; outra coisa é a histeria.

Compartilhe: