CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Poupança é o investimento preferido dos brasileiros, aponta pesquisa

Por: marianapastore

A caderneta de poupança ainda é o tipo de investimento preferido por 69,5% os brasileiros, segundo uma pesquisa nacional realizada pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), publicada no site da Exame. Para 56,1% dos investidores, o principal motivo para a escolha da aplicação é o desejo de evitar perdas.

Foram entrevistados 804 consumidores de ambos os gêneros, com mais de 18 anos e de todas as classes sociais nas 27 capitais do Brasil. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais e o intervalo de confiança do estudo é de 95%. Veja a seguir quais são os investimentos preferidos dos brasileiros:

iStock/eskaylim
Maioria dos brasileiros ainda prefere investir seu dinheiro na caderneta de poupança

Poupança – 69,50%

Imóveis – 28,80%

Previdência privada – 8,90%

Fundos de investimento – 5,90%

Dólar – 5,50%

CDB (certificado de depósito bancário) – 1,80%

Tesouro direto – 1,60%

LCI (letras de crédito imobiliário) – 0,80%

Bolsa de valores – 0,40%

Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil, que conduziu a pesquisa, afirmou que apesar de ser uma modalidade de investimento de baixo risco, a poupança oferece um retorno menor em comparação a outros investimentos de renda fixa considerados mais seguros, como o Tesouro Selic, o CDB, a LCA (letra de crédito do agronegócio) e a LCI.

No ano passado, por exemplo, o rendimento da poupança ficou abaixo da inflação e a rentabilidade teve o pior resultado anual desde 2002. O índice nos 12 meses de 2015 foi de 8,15%, enquanto a inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) no mesmo período chegou a 10,7%. Com isso, a rentabilidade real da poupança, descontada a inflação, ficou negativa em 2,28%.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.