Últimas notícias:

Loading...

Professora do Ceará acerta tema da redação do Enem

Núbia Rocha, de Santana do Acaraú, trabalhou o tema com os alunos duas semanas antes da prova

Por: Redação

Uma professora do interior do Ceará  acertou o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, aplicado neste domingo, 21.

Duas semanas antes do Enem, a educadora Núbia Rocha, 57 anos, trabalhou o tema da invisibilidade social associada à falta de documentos pessoais com alunos da 3ª série da Escola de Ensino Médio (EEM) Nazaré Severiano, em Santana do Acaraú.

Crédito: Divulgação/Secretaria da EducaçãoLegenda: A professora Núbia Rocha leciona redação na Escola de Ensino Médio (EEM) Nazaré Severiano, em Santana do Acaraú.

Ao saber do feito, a educadora mostrou-se emocionada. “Não só acertei, como avisei aos alunos que a minha intuição me dizia que esse seria o tema. Minha reação foi um misto de riso e choro”, relata.

Núbia contou que procura valorizar o hábito de ler e de escrever entre os alunos, não apenas tendo em vista a busca por um bom desempenho em provas, mas principalmente, pela construção de um pensamento crítico e cidadão.

enem professora ceará redação
Crédito: Divulgação/Secretaria da EducaçãoAnotação da professora Núbia Rocha propondo o tema da invisibilidade das pessoas sem registro para os estudantes do terceiro ano

“Somos seres de comunicação. A leitura e a escrita são atividades básicas de todo o processo de ensino e aprendizagem”, enfatizou a professora.

De acordo com Nubia, todos os alunos lembraram de agradecê-la após a conclusão da prova. “Inclusive, me falaram que a redação foi a prova mais fácil”.

Uma das estudantes da EEM Nazaré Severiano que se beneficiaram com a preparação para a prova de redação com Núbia foi Lucivânia Santos.

A adolescente, que chegou a tirar nota 1.000 no exercício feito em sala de aula, disse que tomou um susto quando leu a proposta de redação, que pedia aos candidatos que dissertassem exatamente sobre “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”.