CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Escola de negócios dá bolsas de R$ 12 mil para estudar na Itália

O desconto é para cursos de três semanas voltados para a área de administração; inscrições vão até 31 de julho

Por: Redação

As cidades italianas estão entre os destinos mais buscados pelos turistas. Mas o país pode ser também uma ótima pedida para quem quer turbinar o currículo com um curso no exterior. Então, surge agora uma boa oportunidade para isso. A escola de negócios europeia CUOA Business School abriu um processo seletivo para bolsas de estudo na Itália para brasileiros.

As bolsas de estudo para brasileiros estudarem em uma escola de negócios da Itália são de 50%
Crédito: DivulgaçãoAs bolsas de estudo para brasileiros estudarem em uma escola de negócios da Itália são de 50%

As bolsas são de 50% para quatro programas da instituição voltados para a área de administração. O benefício é de €2.870 (R$ 12.446) – o valor total dos cursos é de €5.680,71 (R$ 24.635). A iniciativa é em parceria com a Escola de Negócios brasileira IBS Americas.

As inscrições para o processo seletivo para as bolsas de estudo na Itália para brasileiros vão até 31 de julho. Para concorrer, o candidato deve ter mais de 18 anos e estar cursando ou ter ensino superior.

Visitas a empresas

Ao se inscrever, o interessado deve escolher um dos programas disponíveis: “International Management & Leadership”, “Business Strategy & Marketing Management”, “Operations, Logistics & Lean Management” e “Creativity, Innovation & New Businesses”.

Também farão parte do programa visitas a empresas e conversas com executivos locais. Além disso, haverá três visitas opcionais ao Fashion District de Milão e à ONU e à OMC (Organização Mundial do Comércio) em Genebra, na Suíça.

Leia também: Cursos gratuitos de qualificação profissional começam em agosto

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.