Fique por dentro da importância da educação alimentar nas escolas

Por: Redação | Comunicar erro

Salgadinhos, biscoitos recheados, refrigerantes, balas, pirulitos e chicletes eram extremamente comuns na dieta escolar. E isso não faz muito tempo. Hoje, porém, a conscientização sobre a importância de uma alimentação saudável desde cedo tem ganhado cada vez mais força, resultando em mudanças nas instituições escolares.

Santa Catarina saiu na frente, criando, em 2001, a primeira lei sobre o assunto. Com o passar dos anos, o mesmo aconteceu em diversas partes do país. O movimento começou vetando a comercialização de alimentos não saudáveis dentro das escolas, promovendo a substituição de produtos industrializados por comida de verdade e a troca de frituras por assados. O blog Novos Alunos, do SEB (Sistema Educacional Brasileiro), esclarece um pouco mais sobre o assunto:

A boa alimentação se reflete na qualidade de vida e do aprendizado

A qualidade da alimentação está diretamente relacionada à qualidade de vida. Além de influenciar diretamente nossa saúde e nossa longevidade, o que ingerimos durante as refeições se reflete inclusive em nosso humor e em nossa capacidade de trabalhar, estudar e sentir prazer.

Reprodução/Novos Alunos
A conscientização sobre a importância de uma alimentação saudável ganhou espaço

Não podemos esquecer que, ao falarmos de escolas, estamos falando em crianças e adolescentes, indivíduos em plena fase de desenvolvimento. Obviamente, portanto, nesse momento é ainda mais importante que os nutrientes necessários estejam presentes nas refeições.

A educação alimentar é sinônimo de educação do paladar

Embora já não cause mais tanto espanto ver crianças comendo legumes, verduras, grãos e todo tipo de alimento, a lógica do paladar infantil, que diz que crianças e adolescentes sempre darão preferência à pizza, macarrão, bife e batata frita ainda é uma realidade.

Considerando que comer é um ato normalmente relacionado ao prazer, uma estratégia que tem se mostrado vencedora nesse convencimento é demonstrar, na prática, que comidas saudáveis também podem ser saborosas.

O repertório do paladar se forma cedo. De toda forma, embora seja mais difícil reeducar do que educar, essa não é uma tarefa impossível.

Compartilhe:

1 / 8
1
30s
Onde ou Aonde?
Responda rápido: "Onde você quer ir jantar?" ou "Aonde você quer ir jantar?". Qual a resposta correta.
2
34s
Use “anexo” corretamente
Na hora de enviar um e-mail corporativo, você sabe como escrevê-lo corretamente?
3
34s
Senão ou se não?
Aprenda quando usar o "senão" ou "se não".
4
33s
Presente do Subjuntivo
Aprenda a usar corretamente o Presente do Subjuntivo.
5
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
6
01:47
Como se apaixonar por Bach – Lição 10
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
7
01:48
Como se apaixonar por Bach – Lição 9
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
8
01:30
Como se apaixonar por Bach – Lição 8
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.