Meninas se unem para construir escola de balé no Complexo do Alemão

Moradoras do Complexo do Alemão, no RJ, deixaram sapatilhas de lado para carregar sacos de cimento e construir sede do projeto na Ponta dos Pés

Por: Redação | Comunicar erro
Cenas do documentário Balé & Balas: Dançando pra Fora da Favela, que arrecadou doações para a construção do centro comunitário – Instagram/reprodução

A difícil rotina do Morro do Alemão, uma das maiores favelas do Rio de Janeiro, não foi capaz de impedir que um grupo de de meninas realizasse o sonho de construir a própria escola de balé.

Desde fevereiro, trocaram as lições de Plié e Frappé para subir e descer as estreitas ruas da comunidade carregando blocos e sacos de cimento para a construção do centro comunitário, sede do projeto na Ponta dos Pés.

O dinheiro para o projeto foi arrecadado por meio do documentário Balé & Balas, lançado ano passado pela Vice – junto com uma campanha de financiamento coletivo que, em uma semana, arrecadou doações do mundo todo, somando cerca de R$ 25 mil.

No filme, Tuany Nascimento, idealizadora do projeto, relatou o trabalho desenvolvido por ela e outras meninas da comunidade.

Porque a rua é pra dançar: documentário registra as festas ‘marginais’ do centrão de SP

Resistência

Em entrevista à edição brasileira da Vice, Tuany destacou a importância da escola de dança. “Neste momento para o Brasil, construir nosso espaço é mais que a realização de um sonho – é um poderoso grito de resistência”, disse Tuany.

Confira algumas fotos divulgadas na conta do projeto no Instagram (@sebagilmiranda)

Ver essa foto no Instagram

A força não vem dos anos de treino ou simplesmente do condicionamento físico. A força que ela colocou vem do mesmo lugar que a faz levanta todos os dias acreditando no impossível. Essa força vem de dentro e você não sabe o quanto aí tem a ser mostrado. Esta é @tuany_nascimentoo nossa mãe, nossa amiga, nossa professora, a nossa melhor parte Obrigada @tuany_nascimentoo por não desistir. Foto: @sebagilmiranda . . . Strength does not come from years of training or simply from physical conditioning. The strength she placed comes from the same place that makes her arise every day believing in the impossible. This force comes from within and you do not know how much there has to be shown. This is @tuany_nascimentoo our mother, our friend, our teacher, our best part Thank you @tuany_nascimentoo for not giving up. . . . ✊🏾 . . . . . #força #lutecomoumagarota #napontadospes #projetosocial #projectx #schooldance #complexodoalemao #construindo #ballerinaproject #balletandbullets #ballets #balletgirls #forte #guerreira #mulher #woman #black #blackwoman #ballet_a #balletblack #balletpost #dreams #sonho #brazil #riodejaneiro #love #lovedance #likeforlike #photoday

Uma publicação compartilhada por Na Ponta dos Pés (@projetonapontadospes) em

Ver essa foto no Instagram

A força não vem dos anos de treino ou simplesmente do condicionamento físico. A força que ela colocou vem do mesmo lugar que a faz levanta todos os dias acreditando no impossível. Essa força vem de dentro e você não sabe o quanto aí tem a ser mostrado. Esta é @tuany_nascimentoo nossa mãe, nossa amiga, nossa professora, a nossa melhor parte Obrigada @tuany_nascimentoo por não desistir. Foto: @sebagilmiranda . . . Strength does not come from years of training or simply from physical conditioning. The strength she placed comes from the same place that makes her arise every day believing in the impossible. This force comes from within and you do not know how much there has to be shown. This is @tuany_nascimentoo our mother, our friend, our teacher, our best part Thank you @tuany_nascimentoo for not giving up. . . . ✊🏾 . . . . . #força #lutecomoumagarota #napontadospes #projetosocial #projectx #schooldance #complexodoalemao #construindo #ballerinaproject #balletandbullets #ballets #balletgirls #forte #guerreira #mulher #woman #black #blackwoman #ballet_a #balletblack #balletpost #dreams #sonho #brazil #riodejaneiro #love #lovedance #likeforlike #photoday

Uma publicação compartilhada por Na Ponta dos Pés (@projetonapontadospes) em

Compartilhe:

1 / 8
1
30s
Onde ou Aonde?
Responda rápido: "Onde você quer ir jantar?" ou "Aonde você quer ir jantar?". Qual a resposta correta.
2
34s
Use “anexo” corretamente
Na hora de enviar um e-mail corporativo, você sabe como escrevê-lo corretamente?
3
34s
Senão ou se não?
Aprenda quando usar o "senão" ou "se não".
4
33s
Presente do Subjuntivo
Aprenda a usar corretamente o Presente do Subjuntivo.
5
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
6
01:47
Como se apaixonar por Bach – Lição 10
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
7
01:48
Como se apaixonar por Bach – Lição 9
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
8
01:30
Como se apaixonar por Bach – Lição 8
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.