Parceria entre UNESP e Wikipedia busca melhorias na enciclopédia livre

O projeto "Wikimedia Education Program" conta com mais de 50 universidades dos EUA

Por: Redação | Comunicar erro

Pela primeira vez, uma universidade brasileira passa a integrar o projeto “Wikimedia Education Program”, que reúne diversas instituições de ensino no intuito de melhorar o conteúdo do Wikipedia. Alunos de Biblioteconomia e Arquivologia da UNESP (campus Marília) escreveram ou reescreveram a definição de onze verbetes em português. O trabalho foi realizado em 2011 e resultou na parceria com a enciclopédia livre.

Após a adesão da UNESP, a UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) também contribuiu com dois trabalhos. Neste ano, a USP deve ingressar no programa. Em Marília, a professora e coordenadora da atividade, Maria José Vicentini Jorente, realiza pesquisas sobre ferramentas de difusão da informação na internet. Jaider Andrade Ferreira, recém-formado em Biblioteconimia, assumiu a função de embaixador.

“O embaixador tem que ser alguém que reúne muitas qualidades, o que é extremamente difícil: deve entender linguagens técnicas da internet, como HTML; precisa saber coordenar uma equipe grande, que, no nosso caso, teve sessenta pessoas; e saber lidar com o aspecto humano do trabalho, mediando conflitos entre os colegas”, explica a coordenadora.

Nos Estados Unidos, mais de cinquenta instituições de ensino participam do projeto. Universidade da Califórnia – Berkeley, a Universidade de Colúmbia e a Universidade de Yale são alguns exemplos. Canadá e Índia também contribuem.

Veja um resumo do trabalho realizado pelos estudantes de Marília

Compartilhe: