Parece, mas não é! Palavras do cotidiano que podem confundir a cabeça

Por: Redação

O que você pensa quando ouve a palavra “bico”: em um pássaro com bico, em um trabalho temporário ou em um bico de papagaio (problema ortopédico)? Quando isolada, essa e muitas outras palavras podem dar margem às mais diversas interpretações, pois possuem vários significados. Esse fenômeno, que não é exclusivo da língua portuguesa, atende pelo nome de polissemia e pode ser motivo de confusão, mas também de boas risadas, como pode ocorrer na festa de fim mais um ano que se aproxima, quando algum tio pode soltar uma piada como essa:

“Ao ver um cachorro dirigindo, o guarda de trânsito muito assustado pergunta:

  • Cadê a sua carta?

Sem entender do que se trata, o cachorro responde no mesmo tom:

  • Ué…e eu fiquei de escrever para você?”

Como visto na “piada”, os dois interlocutores não se entenderam, pois cada um atribuiu um sentido a palavra “carta”. O guarda de trânsito se referiu à CNH (Carteira Nacional de Habilitação), que em muitos lugares do Brasil é chamada de carta, enquanto o cachorro pensou que se tratava de um bilhete ou correspondência.

Mas além da historinha contada acima para ilustrar o fênomeno, existem muitas outras palavras que podem ser vistas e ouvidas em mais de um contexto e podem causar alguma confusão. Confira abaixo algumas delas!

Zebra
Obviamente que pode se referir ao animal listrado, mas pode também se referir a um resultado inesperado em um jogo ou até mesmo a uma impressora que imprime etiquetas;

Arara
O pássaro é a imagem tradicional que viria à cabeça, mas é também um típico suporte para colocar as roupas, extremamente comum em lojas;

Manga
A fruta é a primeira relação que fazemos com essa palavra, mas pode ser também o pedaço da camisa que cobre o braço, claro;

Posto
Aí seria o cargo ou lugar que uma pessoa ocupa em um empresa ou o local para abastecer o carro;

Gato
Animal doméstico mais do que adorado ou homem bonito, que muitas vezes também pode ser amado, e ainda tem gente que usa a palavra para falar de quem burla a lei para roubar energia elétrica, TV a cabo ou até água;

Chute
Ato de chutar uma bola, uma pedra ou qualquer outro objeto com o pé ou simplesmente arriscar um palpite em uma prova, por exemplo. Já se for chutar o balde, aí significa que fez algo sem medir muito as consequências;

Laranja
Pode muito bem ser a cor ou a fruta, dependendo do contexto, sendo que ainda pode se referir a alguém ou uma empresa usado em esquema ilícito para disfarçar crimes de terceiros;

Xadrez
O jogo de tabuleiro que exige raciocínio é o significado da palavra, que no entanto foi adotada também como apelido para penitenciária ou cadeia. O formato do tabuleiro ainda é usado para classificar algumas estampas;

Banco
Pode muito bem ser o lugar para sentar ou a agência bancária, mas pode ainda referir-se a um reserva dos esportes coletivos, que muitas vezes é chamado de banco, justamente porque fica sentado à espera de uma chance para jogar;

Vaquinha
A palavra normalmente refere-se ao animal, mas é muito usada para uma ação de arrecadação de dinheiro entre várias pessoas para determinado fim de interesse comum, sendo que pode ainda ser uma maneira pejorativa de xingar uma mulher.

E vocês, quais palavras conhecem que possuem mais de um significado? Resgate da sua memória e conte para nós!

Compartilhe:

1
Baixa na Educação: MEC decide tirar TV Escola do ar
O Ministério da Educação (MEC) decidiu não renovar o contrato com a TV Escola, canal educativo com 25 anos de …
2
48:28
ENEM! Aulão de história na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
3
59:42
ENEM! Aulão de português na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
4
47:47
ENEM! Aulão de matemática na Catraca
Em ritmo de Enem, a Catraca Live, em parceria com a SAS plataforma de Educação, realizou uma série de Lives …
5
04:21
Weintraub usa o MEC para tentar tirar verbete da Wikipédia do ar
Uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou o peso …
6
01:46
Os erros de português mais absurdos do governo Bolsonaro
A língua portuguesa não é bem o forte da gestão Bolsonaro. Vários nomes importantes do governo já escorregaram no idioma …
7
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
8
03:24
1ª diretora trans de uma escola pública em São Paulo
Paula Beatriz de Souza é a 1ª diretora trans de uma escola pública em Sã Paulo. Ela superou preconceitos para …