Últimas notícias:

Loading...

Por que ensinar linguagens de programação para crianças?

Ensino de linguagens de programação para crianças é uma grande tendência

Por: SEB (Sistema Educacional Brasileiro)

Se o domínio do inglês é um grande diferencial na formação há décadas, o conhecimento dos códigos de computação fará a diferença no currículo nos próximos anos. Por isso, o ensino de programação para crianças tem ganhado cada vez mais destaque.

O blog Novos Alunos, do Grupo SEB (Sistema Educacional Brasileiro), explica o motivo pelo qual muitos educadores acreditam que o “analfabetismo do futuro” será não conhecer as linguagens de programação.

Quais são os benefícios de ensinar programação para os pequenos?

Crédito: Alena Darmel/PexelsO ensino de programação para crianças tem ganhado cada vez mais destaque.

Agora, que tal entender melhor os benefícios do ensino de programação para crianças? Eles vão desde o desenvolvimento cognitivo até a preparação para a futura vida profissional. Veja só!

Desenvolve o raciocínio lógico

As linguagens de programação são baseadas em princípios da lógica. Assim, ao lidar com elas, os pequenos desenvolvem muito esse tipo de raciocínio, uma das habilidades fundamentais para a resolução de problemas, para a análise de possibilidades e para as tomadas de decisões, o que ajuda até mesmo a reduzir a ansiedade nas crianças.

Como você provavelmente já imagina, todas essas características contribuem para o desempenho em Matemática, mas não é só isso. A capacidade de pensar logicamente também auxilia na comunicação e na gestão de problemas do dia a dia, sendo uma habilidade bem-vinda nas vidas acadêmica, profissional e pessoal.

Garante um uso mais crítico da tecnologia

Que as crianças e os adolescentes dessa geração já nasceram imersos em tecnologia, você já sabe. Não é por acaso que a cultura digital é até uma das competências presentes na nova BNCC. O uso de celular pelos pequenos, por exemplo, é muito comum. Porém, isso tem mais a ver com diversão e entretenimento.

O ensino de linguagens de programação para crianças ajuda a transformar essa relação, tornando-a mais saudável e crítica. Afinal, elas entendem melhor o que está por trás das ferramentas que elas tanto utilizam e passam a enxergá-las como instrumentos de desenvolvimento da sociedade.

Estimula o protagonismo estudantil

Crédito: Fauxel/PexelsAs linguagens de programação são baseadas em princípios da lógica

A programação é mais divertida do que as lições tradicionais da escola. Isso porque o mundo de possibilidades dos códigos de computação estimula a criatividade dos desenvolvedores-mirins, que criam algoritmos dos mais simples aos mais complexos.

Com isso, há um estímulo ao protagonismo do estudante, que, por meio das orientações do professor e de sua própria capacidade de observação e curiosidade, explora as linguagens de programação com autonomia.

Promove um melhor desempenho escolar

O raciocínio lógico, a criatividade e outras habilidades favorecidas pelo aprendizado da programação contribuem para o desempenho escolar de modo geral. A criança terá mais facilidade para lidar sobretudo com as Ciências Exatas, além de ter até mesmo o inglês estimulado, já que a maioria das linguagens computacionais utiliza tal idioma.

Na Matemática, esse benefício é ainda mais evidente. Os pequenos aprendem a aplicar fórmulas e conceitos de forma dinâmica e contextualizada, além de enxergar como os números e os princípios matemáticos têm relevância para a vida em sociedade e para as soluções digitais.

Auxilia na formação profissional

Por fim, o ensino de linguagens de programação vai ao encontro de grandes tendências educacionais e do mercado de trabalho. Para que você tenha uma ideia, um estudo realizado pela Dell Technologies para o Instituto para o Futuro mostra que cerca de 85% das profissões que existirão em 2030 ainda não foram inventadas e surgirão devido à transformação digital.

Nesse cenário, ocorre aquilo que citamos: os conhecimentos de programação serão tão requisitados como o conhecimento do inglês já é hoje. Devido a isso, a tendência é que os aprendizados de programação estejam cada vez mais presentes na trajetória escolar e profissionalizante.

Quer saber mais sobre o ensino de linguagens de programação para crianças? Acesse o site e leia o artigo completo.

Grupo SEB

Além do blog, que trata sobre assuntos como educação bilíngue, período integral, ensino médio, vestibulares e Enem, você pode acompanhar o conteúdo do SEB por meio da página no Facebook , no perfil no Instagram e no canal do Youtube.