Qual o peso das redes sociais na educação dos adolescentes ?

As redes sociais podem ser usadas para fins pedagógicos e, aqui, você vai descobrir como

Por: SEB (Sistema Educacional Brasileiro) | Comunicar erro
Crédito: Getty ImagesAs redes sociais podem ser usadas para fins pedagógicos

As redes sociais geram muita controvérsia. Alguns defendem que são ferramentas para aproximar as pessoas; outros, que elas geram uma dependência e afastam os indivíduos da realidade.

Porém, a opinião mais acertada provavelmente é a de que as redes sociais podem ser ferramentas poderosas, principalmente se forem usadas da maneira correta. Um desses usos é como instrumento de apoio para a educação de adolescentes.

Não, você não leu errado: as redes sociais podem ser usadas para fins pedagógicos. Esse é um dos exemplos da importância da tecnologia na educação atual. Neste post, você vai descobrir como isso tem sido feito pelas escolas e entender porque vale a pena apostar nessa estratégia.

Usos práticos das redes sociais para a educação

Grupos para temas específicos

As escolas criam grupos fechados nas redes sociais, dos quais apenas os alunos e professores podem participar. Cada grupo tem um tema específico, como “Literatura Brasileira do Século XIX” ou “Genética”.

No grupo, os professores podem lançar perguntas para que os estudantes façam um debate online, eles também podem postar suas dúvidas e contar com ajuda dos colegas. Além disso, é um espaço para compartilhar informações sobre determinado tema.

É muito importante destacar que os professores atuam como moderadores nesses grupos, para evitar que as conversas se afastem do propósito de aprendizado.

Os grupos também podem ser usados como um canal para que os jovens se comuniquem e interajam em Inglês. Assim, eles se tornam um espaço para aprender o idioma com uma atividade prática, que é a forma de aprendizado preferida pela nova geração.

Chats para resolução de dúvidas

A criação dos chats visa, principalmente, a resolução de dúvidas. Você já entrou na página de uma empresa no Facebook e viu uma janelinha de bate-papo na parte inferior da tela? Esse recurso pode ser usado para que os alunos enviem perguntas de maneira privada a qualquer momento.

Perceba que o chat é um recurso diferente do grupo, pois as perguntas não ficam visíveis para outras pessoas. Assim, se o adolescente é mais tímido, ele tem uma maneira de resolver sua dúvida sem exposição.

Enquetes para definir pontos de interesse

As redes sociais permitem realizar enquetes, um recurso que pode ser usado pelos professores para identificar os assuntos nos quais os alunos estão com mais dificuldades ou, ainda, os assuntos que sentem mais interesse. A partir dos resultados dessas enquetes, o professor pode rever seu planejamento para alinhar a aula com as necessidades dos estudantes.

Disponibilização de conteúdos extras

No tempo limitado da aula, o professor dificilmente conseguirá apresentar aos alunos muitos conteúdos extras sem prejudicar o andamento da matéria. Felizmente, esses conteúdos podem ser compartilhados por meio das redes sociais.

Alguns exemplos de conteúdos que os professores podem disponibilizar são fotos e vídeos, infográficos, links para notícias e artigos online, ou até mesmo exercícios para praticar a matéria. E os estudantes podem responder com comentários para interagir mais com o professor, fazendo perguntas ou expressando suas opiniões sobre o conteúdo compartilhado.

Painel no Pinterest

O Pinterest é uma rede social menos utilizada do que o Facebook ou o Twitter, mas que pode ser usada para enriquecer a educação de adolescentes. Ela permite criar um painel virtual, no estilo de um mural, onde o usuário pode prender (“pin”) conteúdos retirados da internet.

O professor pode criar um mural compartilhado com a turma sobre um tema específico que está sendo trabalhado em sala de aula. Então, os alunos devem pesquisar conteúdos sobre esse tema na internet e prender no mural aquilo que considerarem interessante.

Assim, os conteúdos ficam reunidos em um único lugar, onde todos podem ver, e estarão salvos ali para sempre. Além disso, o design dessa rede social facilita a visualização dos conteúdos que foram agregados.

Você pode pensar nessa estratégia como uma releitura da era digital para os tradicionais murais de recortes.

Criação de eventos

No Facebook, é possível criar eventos em uma página e compartilhar com todos que a curtiram. Essa funcionalidade pode ser usada para ajudar os estudantes a não esquecerem de datas importantes, como provas e apresentação de trabalhos, pois eles receberão uma notificação da rede social quando um evento estiver próximo.

Mais importante ainda, esse calendário pode colaborar para que os adolescentes se organizem e se preparem para essas atividades, já que o uso de agenda física é cada vez mais raro entre os jovens.

Quer saber mais ? Confira a matéria completa no blog Novos Alunos. 

1 / 8
1
01:46
Os erros de português mais absurdos do governo Bolsonaro
A língua portuguesa não é bem o forte da gestão Bolsonaro. Vários nomes importantes do governo já escorregaram no idioma …
2
30s
Onde ou Aonde?
Responda rápido: "Onde você quer ir jantar?" ou "Aonde você quer ir jantar?". Qual a resposta correta.
3
34s
Use “anexo” corretamente
Na hora de enviar um e-mail corporativo, você sabe como escrevê-lo corretamente?
4
34s
Senão ou se não?
Aprenda quando usar o "senão" ou "se não".
5
33s
Presente do Subjuntivo
Aprenda a usar corretamente o Presente do Subjuntivo.
6
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
7
01:47
Como se apaixonar por Bach – Lição 10
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.
8
01:48
Como se apaixonar por Bach – Lição 9
Curso "Como se apaixonar por Bach", com o maestro e pianista João Carlos Martins.