Últimas notícias:

Loading...

22 filmes na Netflix para ver abraçadinho no Dia dos Namorados

Por: Fábio Freire

O Dia dos Namorados, celebrado todo dia 12 de junho, cai em plena segunda-feira esse ano. Mas, se segunda-feira nem de longe é o melhor dia para se celebrar qualquer coisa, você pode aproveitar o final de semana que antecede a data e chamar sua alma gêmea ou aquele eterno “crush” para se aconchegar na cama ou no sofá para assistir essas dicas de comédias românticas e romances incríveis disponíveis na Netflix.

A melhor comédia romântica de todos os tempos

Julia Roberts foi a rainha das comédias românticas na década de 1990. Três de seus melhores trabalhos no gênero estão disponíveis na Netflix. “Uma Linda Mulher” foi o filme que a revelou para o mundo. Apesar de ser uma comédia romântica um tanto boba e previsível, foi o longa que mostrou que a atriz tinha potencial para ser um bom par romântico. Em “O Casamento de Meu Melhor Amigo“, a atriz faz uma espécie de vilã que quer destruir o casamento do amigo com Cameron Diaz por ciúme. E em “Um Lugar Chamado Notting Hill“, a atriz faz par com Hugh Grant na melhor comédia romântica de todos os tempos.

Crédito: UnknownMeg Ryan e Tom Hanks só se encontram em uma única cena nesse filme que fez bastante sucesso no começo da década de 1990

Meg Ryan concorreu com Julia Roberts pelo posto de “A Namoradinha da América” dos anos 1990 e fez várias comédias românticas de sucesso. Apenas uma delas está disponível na Netflix, a simpática “Sintonia de Amor“, em que ela e Tom Hanks se apaixonam sem nem mesmo se conhecerem. A trama é um pouco ingênua para os dias de hoje, mas o filme é um charme.

Jack Nicholson e Helen Hunt ganharam os Oscar de ator e atriz por “Melhor é Impossível”

Jack Nicholson e Helen Hunt ganharam o Oscar formando um dos pares mais improváveis do cinema. Ele é um senhor ranzinza que sofre de TOC, ela é uma mãe que sofre por conta da doença do filho. Por acaso, os dois acabam se apaixonando e vivendo um amor improvável em “Melhor é Impossível“, longa que chegou a ser indicado ao Oscar de melhor filme em 1998.

“O Lado Bom da Vida” foi indicado ao Oscar de melhor filme

Jeniffer Lawrence e Bradley Cooper também foram indicados ao Oscar pela comédia romântica “O Lado Bom da Vida”, em que ambos interpretam personagens com transtornos psicológicos. Ela venceu, ele não, mas o filme é uma boa pedida para quem gosta de romance, comédia e um pouco de drama misturados.

Meryl Streep e Alec Baldwin se complicam em comédia romântica

Meryl Streep é mais conhecida pelo seu lado dramático, mas, vez ou outra, a atriz se diverte em comédias românticas, caso da divertidíssima “Simplesmente Complicado“, em que ela se apaixona por dois homens, Steven Martin e pelo ex-marido (Alec Baldwin), e da mais convencional “Um Divã para Dois“, em que tenta apimentar o casamento morno com Tommy Lee Jones.

Joaquin Phoenix se apaixona pela voz de Scarlett Johansson

Nem só de romances reais vive o cinema. “Ela” é um drama disfarçado de romance com pitadas de ficção científica. O longa narra a história de um rapaz recém-divorciado (um Joaquin Phoenix mais hipster do que nunca) que acaba se apaixonando por um sistema operacional (a voz sexy de Scarlett Johansson). O filme tenta discutir o nível de nossa dependência atual em relação à tecnologia e torna o improvável amor entre um homem e uma máquina bem plausível.

“Loucamente Apaixonados” mostra como problemas burocráticos pode minar um amor

Para quem gosta de romances independentes, a Netflix tem duas boas opções: “Loucamente Apaixonados” narra o drama de um casal de jovens que tem o amor ameaçado por causa de problemas com o visto de permanência de um deles nos Estados Unidos. Felicity Jones e Anton Yelchin formam o casal;  em “O Maravilhoso Agora“, Miles Teller e Shailene Woodley vivem um romance pouco provável entre o rapaz popular da escola e a garota tímida e deslocada. 

Drew Barrymore se apaixona repetidamente por Adam Sandler em “Como se fosse a primeira vez”

Drew Barrymore , Sandra Bullock, Anne Hathaway, Reese Whiterspoon e Kate Hudson tentarem, com maior ou menor sucesso, assumir o trono de “Namoradinha da América” em algum momento da carreira. Todas elas têm comédias românticas e romances disponíveis na Netflix. Barrymore está no divertido “Como se fosse a primeira vez” e em “Ele não está tão a fim de você“. Kate Hudson aparece ao lado de Matthew McConaughey em “Como Perder um Homem em 10 Dias“.

“A Proposta”, com Sandra Bullock e Ryan Reynolds

Reese Whiterspoon é uma fantasma que se apaixona por Mark Ruffalo em “E se fosse verdade“. Sandra Bullock primeiro briga e depois se apaixona por Hugh Grant e Ryan Reynolds em “Amor à Segunda Vista” e “A Proposta“, respectivamente. E Anne Hathaway divide a tela com Jake Gyllenhaal e Jim Sturgess nos romances-drama “Amor e Outras Drogas” e “Um Dia“. 

“Moonlight” ganhou o Oscar de melhor filme esse ano

Netflix também tem romance gay. Mesmo não sendo um romance clássico, “Moonlight – Sob a Luz do Luar” traz um olhar sobre o despertar da sexualidade de um rapaz que acaba se apaixonando pelo melhor amigo. O filme ganhou o Oscar de melhor filme esse ano e é uma boa pedida para quem não busca um romance tradicional. “Queda Livre“, “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” são outros exemplares gays disponíveis na plataforma.

  • Leia mais:

Compartilhe:

Tags:#Filmes