Bruna Marquezine reclama de entrevista e pede para fãs não lerem

Atriz detestou a matéria produzida pelo jornal “O Globo”

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: Reprodução/InstagramBruna Marquezine

Bruna Marquezine já rebateu publicamente algumas notícias que saíram sobre sua vida na mídia, e na última segunda-feira, 11, não foi diferente. Por meio do Twitter, a atriz de “Deus Salve o Rei”, da TV Globo, detonou uma entrevista que concedeu ao jornal “O Globo” recentemente.

A famosa não escondeu que não gostou do resultado final da matéria escrita por Marina Caruso e aconselhou os fãs a não lerem o conteúdo.

Na entrevista, intitulada “Bruna Marquezine: ‘Me sinto perseguida'”, a jornalista escreve que “pontualidade, definitivamente, não é o forte da atriz de 22 anos” e pergunta se a antagonista da atual novela das 19h pensa em se casar com Neymar Jr..

Questionada por uma admiradora que elogiou a entrevista, a global disparou: “Não [gostei] muito. Perguntas que não foram feitas, outras que ela ocultou, mas usou as respostas, frases que eu não disse…”.

Outra internauta perguntou como ela conseguiria ler a entrevista e Marquezine foi enfática: “Não veja, por favor!”.

Print de posts de Bruna Marquezine no Twitter
Print de posts de Bruna Marquezine no Twitter

Ao site “Uol”, a jornalista responsável pela publicação disse que “a coluna mantém as informações publicadas” sobre Bruna Marquezine, “obtidas por meio de uma entrevista gravada”.

No início desta semana, a artista já havia criticado o título de outra matéria, que sugeria uma suposta rivalidade entre ela e Marina Ruy Barbosa – sua inimiga na novela – na vida real.

“Bruna Marquezine e Marina Ruy Barbosa brigam de verdade em cena de novela”, dizia a chamada da matéria. A famosa, então, rebateu: “O certo seria dizer que Catarina e Amália brigaram de verdade. Eu e Marina estamos ótimas, obrigada!”.

Falando em Marquezine e na novela “Deus Salve o Rei”, a direção do folhetim

mudou parte do roteiro da novela para os próximos capítulos e tirou a cena em que Catarina, personagem de Bruna Marquezine, seria estuprada por Otávio, papel de Alexandre Borges.

No lugar da sequência polêmica, a produção acrescentará uma cena de sexo consensual entre marido e esposa.

De acordo com o site “Notícias da TV”, a substituição aconteceu para evitar repercussão negativa e problemas com classificação indicativa, já que a trama é exibida na faixa das 19h.

Ainda segundo a publicação, na versão que irá ao ar, a vilã transará com o monarca para desviar a atenção dele enquanto Augusto (Marco Nanini), seu pai, fugirá do castelo.

Como resultado, a rival de Amália (Marina Ruy Barbosa) engravidará. A cena está prevista para ir ao ar no dia 15 de junho.

Leia também:

Compartilhe: