Carlinhos Maia aponta ditadura gay após assumir homossexualidade

Comediante foi criticado por membros da comunidade LGBT

Por: Redação

Depois de assumir a homossexualidade e o relacionamento com Lucas Guimarães, no fim de semana, Carlinhos Maia usou seu perfil no Instagram para fazer críticas a aquilo que ele define como “ditadura gay”, durante transmissão ao vivo.

carlinhos maia lgbt
Crédito: Reprodução/InstagramCarlinhos Maia comprou briga com a comunidade LGBT após fazer discurso polêmico

“Eu via muitos gays dizendo ‘se assuma, saia do armário’. Coisa que os héteros não me pediam. Teve um tempo em que a ditadura começou a me machucar muito mais do que qualquer hétero. Nos meus shows, 90% que vão me assistir são héteros. Eu não vivo do ‘pink money’. E esses mesmos héteros família: pai, mãe, filho, vó, eles gritam o nome do Lucas em todo show. Vocês não vão me ver botando saia, shortinho, salto alto e batom. E não julgo, cada um faz o que quer e é feliz. Mas eu sou um gay que gosto de ser homem”, declarou.

Não demorou muito para que os seguidores do Rei do Instagram se manifestassem contra as declarações dele. Membros da comunidade LGBT não concordaram com a fala do comediante, que voltou a falar sobre o assunto na última segunda-feira, 4.

carlinhos maia lucas guimarães
Crédito: Reprodução/InstagramCarlinhos Maia e Lucas Guimarães se conhecem há 10 anos

“Enquanto houver gays vingativos, que pegam um trecho da minha fala e soltam no Twitter, os gays não serão respeitados (…) Enquanto houver guerra na nossa classe, jamais haverá amor e respeito”, afirmou.

Compartilhe: