Chama o Batman: Coringa causa pânico em sessão de cinema

Correu a notícia de que um espectador que carregaria uma garrafa de uísque pudesse estar armado, e várias pessoas abandonaram a sala às pressas

Por: Redação

O Batman praticamente não dá as caras no filme – só aparece como criança. Mas talvez fosse bom ele fazer uma ronda pelas salas que exibem o longa Coringa pelo Brasil. Afinal, o vilão e grande adversário do Homem-Morcego tem provocado pânico na plateia com sua performance. E com a de alguns espectadores também. Como aconteceu numa sessão em Recife (PE).

Joaquin Phoenix no papel de Coringa não foi o mais assustador da sessão
Crédito: Reprodução/Warner BrosJoaquin Phoenix no papel do vilão não foi o mais assustador da sessão de Coringa

Na pré-estreia da produção no Plaza Shopping, muitas pessoas deixaram o cinema antes do final do filme.

Cenas fortes na tela? Não apenas isso. A atuação que de fato provocou terror foi a de um homem que assistia ao longa.

Consta que ele gesticulava muito. Falava coisas. Imitava trejeitos do Coringa. E tinha uma garrafa de uísque.

Foi o estopim para um buchicho – um quase boca a boca, apesar de o ambiente não ser propício para tanto – de que esse vilão da plateia estaria armado na sessão de Coringa.

O bastante para que muita gente preferisse dar o fora e esquecer do personagem na tela. Por sinal, essa espécie de histeria coletiva se deve à violência presente no próprio longa. E ao medo de um episódio de tiroteio no cinema.

Tanto que um segurança se postou ao lado do espectador fanfarrão ao longo da exibição.

Segundo informações do shopping, o tipo estranho foi abordado, revistado e orientado a permanecer em silêncio na sessão de Coringa.

Santa confusão, Batman. E onde você estava nessa hora?

Leia também: Joaquin Phoenix perde 23 kg para viver Coringa nos cinemas

Compartilhe: